Sintras: governo cumpriu acordos com servidores da Saúde

Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Tocantins (Sintras), Manoel Miranda, informou que o Governo do Estado creditou na conta dos servidores da saúde nessa quinta-feira, 12, as parcelas em atraso de insalubridade e adicional noturno; ao pagar estas parcelas que são referentes aos meses de julho e agosto, o governo atualiza o cronograma de pagamento destes benefícios aos servidores como foi acordado com a categoria; segundo ele, o governo pagou também plantões extras e a primeira parcela da data-base sendo o percentual de 4,17%

Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Tocantins (Sintras), Manoel Miranda, informou que o Governo do Estado creditou na conta dos servidores da saúde nessa quinta-feira, 12, as parcelas em atraso de insalubridade e adicional noturno; ao pagar estas parcelas que são referentes aos meses de julho e agosto, o governo atualiza o cronograma de pagamento destes benefícios aos servidores como foi acordado com a categoria; segundo ele, o governo pagou também plantões extras e a primeira parcela da data-base sendo o percentual de 4,17%
Presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Tocantins (Sintras), Manoel Miranda, informou que o Governo do Estado creditou na conta dos servidores da saúde nessa quinta-feira, 12, as parcelas em atraso de insalubridade e adicional noturno; ao pagar estas parcelas que são referentes aos meses de julho e agosto, o governo atualiza o cronograma de pagamento destes benefícios aos servidores como foi acordado com a categoria; segundo ele, o governo pagou também plantões extras e a primeira parcela da data-base sendo o percentual de 4,17% (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Tocantins 247 - O Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Tocantins (Sintras-TO) informou que o Governo do Estado creditou na conta dos servidores da saúde nessa quinta-feira, 12, as parcelas em atraso de insalubridade e adicional noturno. Ao pagar estas parcelas que são referentes aos meses de julho e agosto, o governo atualiza o cronograma de pagamento destes benefícios aos servidores como foi acordado com a categoria.

Conforme o acordo, o retroativo do adicional de insalubridade serão pagos em até seis parcelas para quem tem saldo a receber até 5 salários mínimos. E para quem tem a receber mais de cinco salários mínimos o pagamento será feito em dez parcelas a partir do próximo mês de setembro. A mesma regra segue para o pagamento dos retroativos do adicional noturno referente aos anos de 2010, 2011 e 2012.

Segundo o Sintras, além destes benefícios o governo pagou também plantões extras e a primeira parcela da data-base sendo o percentual de 4,17%. Os outros 50% do reajuste anual, como rege o acordo, será pago em novembro deste ano. E o retroativo gerado do período será feito em doze vezes iniciando em janeiro de 2016.

Segundo a diretoria do Sintras, o sindicato se manterá vigilante para que os servidores continuem recebendo seus direitos normalmente. "Estaremos acompanhando todos os pagamentos para que nenhum servidor tenha prejuízo, e fazer com o governo cumpra de forma integral o acordo", disse o presidente Manoel Miranda.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email