SP: Skaf sobe, mas Alckmin ainda vence no 1° turno

No Datafolha, governador Geraldo Alckmin (PSDB) cai dois pontos, mas segue favorito a vencer no primeiro turno a disputa pelo governo de São Paulo com 53% das intenções de voto; seu principal adversário, Paulo Skaf (PMDB), subiu seis pontos, de 16% para 22%; Alexandre Padilha (PT) chegou a 7%; entre esses simpatizantes do PT, 40% ainda declaram votar no tucano, e os demais se dividem, principalmente, entre Padilha (29%) e Skaf (19%); a disputa pelo Senado aparece tecnicamente empatada entre José Serra (PSDB), com 35%, e Eduardo Suplicy (PT), com 32%; o ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD) tem 8%

No Datafolha, governador Geraldo Alckmin (PSDB) cai dois pontos, mas segue favorito a vencer no primeiro turno a disputa pelo governo de São Paulo com 53% das intenções de voto; seu principal adversário, Paulo Skaf (PMDB), subiu seis pontos, de 16% para 22%; Alexandre Padilha (PT) chegou a 7%; entre esses simpatizantes do PT, 40% ainda declaram votar no tucano, e os demais se dividem, principalmente, entre Padilha (29%) e Skaf (19%); a disputa pelo Senado aparece tecnicamente empatada entre José Serra (PSDB), com 35%, e Eduardo Suplicy (PT), com 32%; o ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD) tem 8%
No Datafolha, governador Geraldo Alckmin (PSDB) cai dois pontos, mas segue favorito a vencer no primeiro turno a disputa pelo governo de São Paulo com 53% das intenções de voto; seu principal adversário, Paulo Skaf (PMDB), subiu seis pontos, de 16% para 22%; Alexandre Padilha (PT) chegou a 7%; entre esses simpatizantes do PT, 40% ainda declaram votar no tucano, e os demais se dividem, principalmente, entre Padilha (29%) e Skaf (19%); a disputa pelo Senado aparece tecnicamente empatada entre José Serra (PSDB), com 35%, e Eduardo Suplicy (PT), com 32%; o ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD) tem 8% (Foto: Roberta Namour)

247 – O governador Geraldo Alckmin (PSDB) registrou em recente pesquisa Datafolha ligeiro recuo de dois pontos. No entanto, ainda continua como favorito a vencer no primeiro turno a disputa pelo governo de São Paulo com 53% das intenções de voto.

No entanto, entre o levantamento realizado na primeira quinzena de agosto até o desta quarta-feira, seu principal adversário, Paulo Skaf (PMDB), subiu seis pontos, de 16% para 22%.

Na sequência, aparecem os candidatos Alexandre Padilha (PT), com 7% (tinha 5%), e Gilberto Natalini (PV), Raimundo Sena (PCO) e Laércio Benko (PHS), com 1% cada.

Votos em branco ou nulo somam 8%, abaixo dos 12% registrados no levantamento anterior. A pesquisa foi realizada entre terça (2) e esta quarta (3) com 2.054 eleitores em 56 municípios do Estado de São Paulo.

Entre esses simpatizantes do PT, 40% ainda declaram votar em Alckmin, e os demais se dividem, principalmente, entre Padilha (29%) e Skaf (19%).

A disputa pelo Senado em São Paulo segue tecnicamente empatada entre José Serra (PSDB), com 35% das intenções de voto, e Eduardo Suplicy (PT), com 32%. Os dois cresceram dois pontos desde a última pesquisa. O ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab (PSD) tem 8%.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247