Suplicy fura bloqueio e entrega carta a Obama

O ex-senador e vereador paulistano Eduardo Suplicy (PT) entregou pessoalmente nesta quinta-feira, 5, uma carta ao ex-presidente americano Barack Obama sobre o projeto de renda mínima da cidadania; "Eu disse em inglês que gostaria muito de entregar essa carta porque gostaria de conhecer a sua opinião sobre a renda básica universal. Ele pegou a carta e disse que iria me responder. Aí na hora que eu acabei de ter esse diálogo em que ele me olhou nos olhos eu percebi que nas minhas costas estavam me puxando", relatou Suplicy 

O ex-senador e vereador paulistano Eduardo Suplicy (PT) entregou pessoalmente nesta quinta-feira, 5, uma carta ao ex-presidente americano Barack Obama sobre o projeto de renda mínima da cidadania; "Eu disse em inglês que gostaria muito de entregar essa carta porque gostaria de conhecer a sua opinião sobre a renda básica universal. Ele pegou a carta e disse que iria me responder. Aí na hora que eu acabei de ter esse diálogo em que ele me olhou nos olhos eu percebi que nas minhas costas estavam me puxando", relatou Suplicy 
O ex-senador e vereador paulistano Eduardo Suplicy (PT) entregou pessoalmente nesta quinta-feira, 5, uma carta ao ex-presidente americano Barack Obama sobre o projeto de renda mínima da cidadania; "Eu disse em inglês que gostaria muito de entregar essa carta porque gostaria de conhecer a sua opinião sobre a renda básica universal. Ele pegou a carta e disse que iria me responder. Aí na hora que eu acabei de ter esse diálogo em que ele me olhou nos olhos eu percebi que nas minhas costas estavam me puxando", relatou Suplicy  (Foto: Aquiles Lins)

SP 247 - O ex-senador e vereador paulistano Eduardo Suplicy (PT) entregou pessoalmente nesta quinta-feira, 5, uma carta ao ex-presidente americano Barack Obama sobre o projeto de renda mínima da cidadania. 

O ex-senador conseguiu passar ao subsolo por onde Obama deixaria o teatro onde deu uma palestra em São Paulo nesta quinta-feira (5). Avistou o ex-presidente rodeado de agentes do FBI e percebeu "que tinha uma brecha".

"Eu disse em inglês que gostaria muito de entregar essa carta porque gostaria de conhecer a sua opinião sobre a renda básica universal. Ele pegou a carta e disse que iria me responder. Aí na hora que eu acabei de ter esse diálogo em que ele me olhou nos olhos eu percebi que nas minhas costas estavam me puxando", relatou Suplicy.

O exemplar de seu livro sobre a renda mínima Suplicy já havia entregado ao FBI antes da palestra.

As informações são da Folha de S. Paulo

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247