Suposto sequestro da filha do Cap. Wagner foi um engano

A suposta tentativa de sequestro da filha do deputado estadual Capitão Wagner não passou de um engano. Segundo a Polícia Civil, a mãe de uma outra aluna, com o mesmo nome da filha do deputado, foi quem ligou para o colégio pedindo a liberação da garota. Uma funcionária da escola confundiu os nomes e chamou a filha do deputado, gerando a confusão

A suposta tentativa de sequestro da filha do deputado estadual Capitão Wagner não passou de um engano. Segundo a Polícia Civil, a mãe de uma outra aluna, com o mesmo nome da filha do deputado, foi quem ligou para o colégio pedindo a liberação da garota. Uma funcionária da escola confundiu os nomes e chamou a filha do deputado, gerando a confusão
A suposta tentativa de sequestro da filha do deputado estadual Capitão Wagner não passou de um engano. Segundo a Polícia Civil, a mãe de uma outra aluna, com o mesmo nome da filha do deputado, foi quem ligou para o colégio pedindo a liberação da garota. Uma funcionária da escola confundiu os nomes e chamou a filha do deputado, gerando a confusão (Foto: Fatima 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará 247 - A suposta tentativa de sequestro da filha do deputado estadual Capitão Wagner não passou de um engano. Segundo a Polícia Civil, o que houve foi uma coincidência de nomes entre alunas do colégio.

A mãe de uma outra aluna com o mesmo nome da filha do deputado foi quem ligou para o colégio pedindo a liberação da garota. Uma funcionária da escola confundiu os nomes e chamou a filha do deputado, gerando a confusão.

O equívoco foi verificado nas investigações da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), acionada para acompanhar o caso.

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247