Tarso Genro reage ao jejum de Deltan por Lula preso: é o fundo do poço

O ex-governador Tarso Genro, que também foi ministro da Justiça, diz que o Brasil chegou ao fundo do poço com a "midiatização do processo penal"; Tarso se referia ao anúncio feito pelo procurador Deltan Dallagnol sobre seu jejum e suas orações pela prisão do ex-presidente Lula, condenado sem provas a 12 anos e um mês de prisão por reformas feitas num imóvel da OAS; "Onde chegamos com a midiatização do Processo Penal e com a Justiça-Espetáculo? No fundo do Poço", disse ele

PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, 29.05.13: Governador Tarso Genro grava o programa Mateando com o Governador. Foto: Pedro Revillion/Palácio Piratini
PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, 29.05.13: Governador Tarso Genro grava o programa Mateando com o Governador. Foto: Pedro Revillion/Palácio Piratini (Foto: Leonardo Attuch, attuch)

RS 247 – O ex-governador Tarso Genro, que também foi ministro da Justiça, diz que o Brasil chegou ao fundo do poço com a "midiatização do processo penal". Tarso se referia ao anúncio feito pelo procurador Deltan Dallagnol sobre seu jejum e suas orações pela prisão do ex-presidente Lula, condenado sem provas a 12 anos e um mês de prisão por reformas feitas num imóvel da OAS.

"Onde chegamos com a midiatização do Processo Penal e com a Justiça-Espetáculo? No fundo do Poço", disse ele. "O cenário não é bom. Estarei em jejum, oração e torcendo pelo país”, escreveu o procurador.

Confira, abaixo, o tweet de Tarso Genro:

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247