Tarso quer PT mais 'à esquerda'

Em texto elaborado pela corrente Mensagem ao Partido, chapa que apoia a candidatura do deputado Paulo Teixeira (SP) à presidência do PT afirma que as parcerias com "setores conservadores são um empecilho para mudanças, como a instituição do imposto sobre grandes fortunas". Ala é representada por nomes como o do governador do RS e do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo

Tarso quer PT mais 'à esquerda'
Tarso quer PT mais 'à esquerda' (Foto: Itamar Aguiar/Futura Press/Folha)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O ala do governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, e do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, defende que o PT faça alianças para a eleição de 2014 mirando partidos de esquerda e centro-esquerda.

A sugestão consta no documento intitulado "Para o PT liderar um novo ciclo da revolução democrática", elaborado pela corrente Mensagem ao Partido, a mesma em 2005 propôs a "refundação" da legenda.

O texto, redigido pela chapa que apoia a candidatura do deputado Paulo Teixeira (SP) à presidência do PT, afirma que as parcerias com "setores conservadores" são um "empecilho" para mudanças, como a instituição do imposto sobre grandes fortunas.

"O novo quadro anuncia, neste momento, uma disputa mais complexa do que a anteriormente esperada para as eleições de 2014. Não parece mais bastar a divulgação dos enormes avanços dos dez anos do governo Lula e Dilma e a comparação com o período anterior", diz o texto, numa referência ao governo do tucano Fernando Henrique Cardoso.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247