Tasso comemora maioria contrária a Temer no PSDB

Em postagem nas redes sociais nesta quinta-feira (26), o senador Tasso Jereissati (CE) comemorou a maioria de votos do PSDB a favor do prosseguimento da denúncia contra Michel Temer na votação de ontem (25), na Câmara dos Deputados. O placar pode ser considerado uma vitória do cearense sobre o senador mineiro Aécio Neves, que articulou para salvar o peemedebista das denúncias

Em postagem nas redes sociais nesta quinta-feira (26), o senador Tasso Jereissati (CE) comemorou a maioria de votos do PSDB a favor do prosseguimento da denúncia contra Michel Temer na votação de ontem (25), na Câmara dos Deputados. O placar pode ser considerado uma vitória do cearense sobre o senador mineiro Aécio Neves, que articulou para salvar o peemedebista das denúncias
Em postagem nas redes sociais nesta quinta-feira (26), o senador Tasso Jereissati (CE) comemorou a maioria de votos do PSDB a favor do prosseguimento da denúncia contra Michel Temer na votação de ontem (25), na Câmara dos Deputados. O placar pode ser considerado uma vitória do cearense sobre o senador mineiro Aécio Neves, que articulou para salvar o peemedebista das denúncias (Foto: Rodrigo Rocha)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará 247 - O senador Tasso Jereissati (CE) comemorou, com imagem divulgada em suas redes sociais nesta quinta-feira (26), a maioria de votos do PSDB a favor da continuidade da denúncia contra Michel Temer, na votação realizada ontem (25), na Câmara dos Deputados. 

“Sintonizados com o Brasil. Maioria dos deputados do PSDB vota a favor da continuidade do julgamento da denúncia envolvendo o presidente Temer”, diz a imagem compartilhada pelo cearense.

Na votação, 23 dos 43 deputados tucanos votaram contra Temer. Outros 20 se manifestaram a favor. O placar pode ser considerado uma vitória de Tasso sobre o senador mineiro Aécio Neves, que articulou para salvar o peemedebista da denúncia.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247