TCE condena Fernando Bezerra a devolver R$ 5,7 mi aos cofres públicos

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) foi condenado pelo TCE-PE a devolver R$ 5,711 milhões aos cofres públicos; valor é referente à doação de areia originária da dragagem do Complexo Industrial e Portuário de Suape na época em que o parlamentar foi gestor do terminal; segundo o órgão de controle, Fernando Bezerra teria rejeitado os valores referentes da venda da areia e aprovado sua comercialização por preços abaixos dos praticados pelo mercado

TCE condena Fernando Bezerra a devolver R$ 5,7 mi aos cofres públicos
TCE condena Fernando Bezerra a devolver R$ 5,7 mi aos cofres públicos

Pernambuco 247 - O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) foi condenado pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) a devolver R$ 5,711 milhões aos cofres públicos. O valor é referente à doação de areia originária da dragagem do Complexo Industrial e Portuário de Suape. Segundo o órgão de controle, Fernando Bezerra teria rejeitado os valores referentes da venda da areia e teria aprovado sua comercialização por preços abaixos dos praticados pelo mercado. As irregularidades teriam acontecido quando ele presidiu o Complexo de Suape, entre 2007 e 2009.

De acordo com o Ministério Público de Contas (MPCO) do TCE, até 2009, a renúncia da receita teia resultado em um prejuízo da ordem de R$ 5.711.910. Ainda segundo o TCE, foram dragados 995 mil sendo que 235 mil foram destinados a empresas contratadas pela estatal. Os demais 760 mil metros cúbicos foram doados para outras empresas sem qualquer vínculo com Suape.

Em 2009, ainda segundo o TCE, o complexo passou a comercializar o metro cúbico de a areia proveniente da dragagem a 7,50. Somente a Petrobras pagou pela retirada da areia referente ao serviço de terraplenagem para a construção da Refinaria Abreu e Lima. Ainda assim o valor pago teria sido feito inferiores aos praticados pelo mercado.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247