“TCM não comete chantagem”, defende deputado Odilon Aguiar

O deputado Odilon Aguiar (PMB) defendeu, nesta terça-feira (20), a divulgação por parte do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) de lista com nomes dos deputados que estão sendo julgados pela corte de contas. Ele discordou que o TCM esteja fazendo chantagem. “Precisamos demonstrar para todos que os deputados que querem a extinção desse órgão estão sendo julgados pelo TCM. Isso não é jogo rasteiro, é transparência”, disse

O deputado Odilon Aguiar (PMB) defendeu, nesta terça-feira (20), a divulgação por parte do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) de lista com nomes dos deputados que estão sendo julgados pela corte de contas. Ele discordou que o TCM esteja fazendo chantagem. “Precisamos demonstrar para todos que os deputados que querem a extinção desse órgão estão sendo julgados pelo TCM. Isso não é jogo rasteiro, é transparência”, disse
O deputado Odilon Aguiar (PMB) defendeu, nesta terça-feira (20), a divulgação por parte do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) de lista com nomes dos deputados que estão sendo julgados pela corte de contas. Ele discordou que o TCM esteja fazendo chantagem. “Precisamos demonstrar para todos que os deputados que querem a extinção desse órgão estão sendo julgados pelo TCM. Isso não é jogo rasteiro, é transparência”, disse (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - O deputado Odilon Aguiar (PMB) afirmou, nesta terça-feira (20), em pronunciamento na Assembleia Legislativa, que existe um interesse, por parte de deputados, de diminuir a ação do Tribunal de Contas dos Municípios, através da sua extinção. Ele discordou que o TCM esteja fazendo chantagem quando divulga relação de políticos que estão sendo julgados pela corte de contas. 

“É preciso que a sociedade saiba o que está acontecendo e quais são os outros interesses. Precisamos demonstrar para todos que os deputados que querem a extinção desse órgão estão sendo julgados pelo TCM. Isso não é jogo rasteiro, é transparência”, acrescentou. Odilon Aguiar lembrou que também teve as suas contas de prefeito de Tauá desaprovadas, e apesar disso não quer a extinção do tribunal.  

Polêmica

A divulgação da lista com o nome dos deputados que têm contas para serem julgadas pelo TCM foi alvo de críticas do deputado João Jaime (DEM), que classificou a ação como chantagem. “Expor isso na imprensa, a meu ver, é chantagem. Porque não fizeram isso antes? Precisamos ter bom senso ao tratar de assuntos como este. Vamos votar essa matéria e, independente do resultado, vamos manter o respeito”, declarou o parlamentar.

O TCM é alvo de polêmica no Estado há alguns meses. Atualmente, uma nova PEC de autoria do deputado estadual Heitor Férrer (PSB) propõe a extinção do órgão, um interesse do governador Camilo Santana (PT) e dos irmãos Cid e Ciro Gomes, desafetos políticos do presidente do tribunal, Domingos Filho. 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247