Tecnologia da linha do gol será usada na Euro 2016

A tecnologia da linha do gol será usada para ajudar nas decisões dos árbitros na Euro 2016, em junho na França, informou a Uefa; também será usada na Liga dos Campeões 2016-17 a partir da última rodada classificatória das etapas preliminares

A tecnologia da linha do gol será usada para ajudar nas decisões dos árbitros na Euro 2016, em junho na França, informou a Uefa; também será usada na Liga dos Campeões 2016-17 a partir da última rodada classificatória das etapas preliminares
A tecnologia da linha do gol será usada para ajudar nas decisões dos árbitros na Euro 2016, em junho na França, informou a Uefa; também será usada na Liga dos Campeões 2016-17 a partir da última rodada classificatória das etapas preliminares (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

NYON, Suíça (Reuters) - A tecnologia da linha do gol será usada para ajudar nas decisões dos árbitros na Euro 2016, em junho na França, informou a Uefa nesta sexta-feira.

Também será usada na Liga dos Campeões 2016-17 a partir da última rodada classificatória das etapas preliminares.

O sistema será utilizado junto com árbitros assistentes adicionais, que irão monitorar todas as atividades dentro e nas proximidades da grande área.

"O Comitê Executivo também decidiu estudar a viabilidade da implementação da tecnologia da linha do gol na Liga Europa, a partir da fase de grupos, começando na temporada 2017-18", informou a Uefa em comunicado.

A International Football Association Board (IFAB), órgão que regulamenta as regras do futebol, aprovou a tecnologia da linha do gol pela primeira vez em 2012.

A tecnologia foi introduzida na Liga Inglesa na temporada 2013-14 e foi usada na Copa do Mundo pela primeira vez em 2014, no Brasil.

Desde então, houve um crescente número de pedidos de jogadores e técnicos para utilização de tecnologia de vídeo em outros aspectos do jogo.

Anteriormente neste mês, a IFAB decidiu recomendar a experimentação de replays de vídeo na próxima temporada para ajudar árbitros com gols questionáveis, pênaltis, cartões vermelhos e casos de confusão de identidade.

(Reportagem de Ed Osmond)

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247