Teixeira: liberar 40% do ensino médio a distância é um “escárnio”

Deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) também afirmou que "o desmonte da educação continua a caminhar a passos largos. Para a modalidade de educação de jovens e adultos, o governo ilegítimo quer que 100% do ensino seja fora da escola. Absurdo!"

Deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) também afirmou que "o desmonte da educação continua a caminhar a passos largos. Para a modalidade de educação de jovens e adultos, o governo ilegítimo quer que 100% do ensino seja fora da escola. Absurdo!"
Deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) também afirmou que "o desmonte da educação continua a caminhar a passos largos. Para a modalidade de educação de jovens e adultos, o governo ilegítimo quer que 100% do ensino seja fora da escola. Absurdo!" (Foto: Leonardo Lucena)

SP 247 - O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) classificou como "escárnio" a proposta de liberar 40% do ensino médio a distância. 

"O desmonte da educação continua a caminhar a passos largos. Para a modalidade de educação de jovens e adultos, o governo ilegítimo quer que 100% do ensino seja fora da escola. Absurdo!", escreveu o petista nesta terça-feira (20) em sua conta no Twitter.

Após a matéria da Folha publicar a informação sobre o ensino à distância, o ministro da Educação, Mendonça Filho, disse ao jornal que a proposta não será aprovada. "O governo não quer isso, não foi discutido no MEC. Não concordo e não passará", afirmou.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247