Temer chega ao Tocantins para autorizar ponte sobre rio Araguaia

Michel Temer, que a qualquer momento será formalmente acusado de obstrução da Justiça e de chefiar uma quadrilha que assaltou o Estado, chegou na manhã desta quinta-feira (14) em Xambioá, norte do Tocantins, para assinar uma ordem de serviço para a construção da ponte sobre o rio Araguaia, na BR-153, que liga o Tocantins ao estado do Pará; moradores São Geraldo (PA), que faz divisa com Xambioá, fizeram protestos com cartazes e faixas contra Temer. Cerca de 40 pessoas se reuniram próximas ao local do evento para se manifestar

Michel Temer, que a qualquer momento será formalmente acusado de obstrução da Justiça e de chefiar uma quadrilha que assaltou o Estado, chegou na manhã desta quinta-feira (14) em Xambioá, norte do Tocantins, para assinar uma ordem de serviço para a construção da ponte sobre o rio Araguaia, na BR-153, que liga o Tocantins ao estado do Pará; moradores São Geraldo (PA), que faz divisa com Xambioá, fizeram protestos com cartazes e faixas contra Temer. Cerca de 40 pessoas se reuniram próximas ao local do evento para se manifestar
Michel Temer, que a qualquer momento será formalmente acusado de obstrução da Justiça e de chefiar uma quadrilha que assaltou o Estado, chegou na manhã desta quinta-feira (14) em Xambioá, norte do Tocantins, para assinar uma ordem de serviço para a construção da ponte sobre o rio Araguaia, na BR-153, que liga o Tocantins ao estado do Pará; moradores São Geraldo (PA), que faz divisa com Xambioá, fizeram protestos com cartazes e faixas contra Temer. Cerca de 40 pessoas se reuniram próximas ao local do evento para se manifestar (Foto: Aquiles Lins)

Tocantins 247 - Michel Temer, que a qualquer momento será formalmente acusado de obstrução da Justiça e de chefiar uma quadrilha que assaltou o Estado, chegou na manhã desta quinta-feira (14) em Xambioá, norte do Tocantins, para assinar uma ordem de serviço para a construção da ponte sobre o rio Araguaia, na BR-153, que liga o Tocantins ao estado do Pará.

Temer foi recepcionado pelo governador Marcelo Miranda (PMDB), pelo senador Vicentinho Alves (PR) e por deputados aliados.

Moradores São Geraldo (PA), que faz divisa com Xambioá, fizeram protestos com cartazes e faixas contra Temer. Cerca de 40 pessoas se reuniram próximas ao local do evento para se manifestar.

A obra está orçada em cerca de R$ 280 milhões, recursos provenientes de emendas de parlamentares tocantinenses. A ponte terá 1.724 metros de extensão e a expectativa é que mais de 1,5 milhão de pessoas sejam beneficiadas.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247