‘Temer é muito mal informado’, diz novo vice-presidente da Câmara

Apesar de ser o novo vice-presidente da Câmara, deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG), não economiza críticas ao núcleo político do presidente Michel Temer; "Michel é muito mal informado do que acontece na Câmara. Só tem informação quem escuta", disse

Apesar de ser o novo vice-presidente da Câmara, deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG), não economiza críticas ao núcleo político do presidente Michel Temer; "Michel é muito mal informado do que acontece na Câmara. Só tem informação quem escuta", disse
Apesar de ser o novo vice-presidente da Câmara, deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG), não economiza críticas ao núcleo político do presidente Michel Temer; "Michel é muito mal informado do que acontece na Câmara. Só tem informação quem escuta", disse (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 - Apesar de ser o novo vice-presidente da Câmara, deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG), não economiza críticas ao núcleo político do presidente Michel Temer. "Eles tratam a gente muito mal e até evito ir lá", afirmou. "Michel é muito mal informado do que acontece na Câmara. Só tem informação quem escuta", disse.

O parlamentar afirmou que se fosse questionado sobre que daria a Temer, "diria que ele precisa abrir o diálogo com as bancadas de cada Estado para que possa ter mais vitórias na Casa". "O quarto andar do Planalto peca demais. O (Eliseu) Padilha, o (Antonio) Imbasshay não têm humildade para receber um parlamentar como deve ser. O articulador político tem que ouvir deputados e senadores, continuou. Os relatos foram publicados na Coluna do Estadão.

Coordenador da bancada de Minas Gerais, Ramalho cobra um mineiro na Esplanada dos Ministérios. "Minas nunca ficou fora. É a primeira vez desde o Império". "A bancada mineira do PMDB quer um ministério do tamanho do nosso estado. Pode ser até mais de um. Se for fazer uma reforma ministerial ou aparecer algum problema no percurso, ele tem um compromisso de nomear um mineiro", disse.

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email