‘Temer está aquartelado e Cunha agora é coitadinho’

"Indignado" com as declarações do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha, o deputado baiano Valmir Assunção disse nesta terça-feira que "agora só falta o deputado (Cunha) pedir pelo amor de Deus para não ser preso"; "Chega a ser ridículo usar o dinheiro público para se manter na mídia, já que os golpistas amigos dele o deixaram na mão. Cunha gasta mais de R$ 500 mil por mês para ficar 'preso' entre quatro paredes, igual ao seu pupilo Temer, que está aquartelado no Congresso, não pode ir para lugar algum que é vaiado", diz Valmir

"Indignado" com as declarações do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha, o deputado baiano Valmir Assunção disse nesta terça-feira que "agora só falta o deputado (Cunha) pedir pelo amor de Deus para não ser preso"; "Chega a ser ridículo usar o dinheiro público para se manter na mídia, já que os golpistas amigos dele o deixaram na mão. Cunha gasta mais de R$ 500 mil por mês para ficar 'preso' entre quatro paredes, igual ao seu pupilo Temer, que está aquartelado no Congresso, não pode ir para lugar algum que é vaiado", diz Valmir
"Indignado" com as declarações do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha, o deputado baiano Valmir Assunção disse nesta terça-feira que "agora só falta o deputado (Cunha) pedir pelo amor de Deus para não ser preso"; "Chega a ser ridículo usar o dinheiro público para se manter na mídia, já que os golpistas amigos dele o deixaram na mão. Cunha gasta mais de R$ 500 mil por mês para ficar 'preso' entre quatro paredes, igual ao seu pupilo Temer, que está aquartelado no Congresso, não pode ir para lugar algum que é vaiado", diz Valmir (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - "Indignado" com as declarações do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o deputado baiano Valmir Assunção disse nesta terça-feira (21) que "agora só falta o deputado (Cunha) pedir pelo amor de Deus para não ser preso".

"Chega a ser ridículo usar o dinheiro público para se manter na mídia, já que os golpistas amigos dele o deixaram na mão. Cunha gasta mais de R$ 500 mil por mês para ficar 'preso' entre quatro paredes, igual ao seu pupilo Temer (Michel Temer, presidente interino da República), que está aquartelado no Congresso, não pode ir para lugar algum que é vaiado", diz Valmir.

Para o deputado, com a presidente eleita Dilma Rousseff "a situação é diferente". "Ela tem viajado pelo país, tem ido a todos os lugares. Por isso que o governo golpista vetou Dilma de usar os aviões da Força Aérea Brasileira, são medrosos e não têm a coragem de botar a cara no sol. Dilma é aplaudida onde chega. Temer está aquartelado, não pode ir em uma atividade pública, não pode ir nos estados, não pode fazer uma atividade com o povo brasileiro, porque todos sabem que ele articulou um golpe e, junto com parlamentares, rasgou a Constituição", diz o petista.

Ainda segundo Valmir Assunção, o governo interino está mergulhado em diversas denúncias de corrupção e não tem quem o defenda publicamente.

"Alguns aqui na Câmara Federal defendem por causa dos cargos e dos ministros que indicaram, mas nas ruas não tem quem defenda esse governo de golpistas. O povo sabe que esse governo está envolvido em corrupção e um ministro cai por semana. Quero saber qual será o próximo. As delações têm destruído este governo. Espero que o Senado faça justiça e reconduza a presidente Dilma para o posto do qual não deveria ter saído".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247