Temer será internado e pode passar por cirurgia

Michel Temer viajará nesta sexta-feira para São Paulo, onde será internado no hospital Sírio-Libanês para retirar uma sonda urológica e passar por uma bateria de exames; uma intervenção cirúrgica também é cogitada; como lembrou o colunista do 247 Alex Solnik, a sonda é uma solução provisória devido ao aumento da próstata; cirurgia consiste na raspagem da próstata até voltar ao tamanho normal; Temer, de 77 anos, teve uma obstrução da uretra na quarta-feira, causada por um alargamento da próstata, e passou algumas horas no Hospital do Exército, em Brasília, onde foi submetido a uma sondagem vesical para esvaziar a bexiga e recebeu uma sonda urológica

Michel Temer nos corredores do Palácio do Planalto
Michel Temer nos corredores do Palácio do Planalto (Foto: Aquiles Lins)

247 com Reuters - Michel Temer viajará nesta sexta-feira para São Paulo, onde passará um dia internado no hospital Sírio-Libanês para retirar uma sonda urológica e passar por uma bateria de exames, informou o Palácio do Planalto.

Temer, de 77 anos, teve uma obstrução da uretra na quarta-feira, causada por um alargamento da próstata, e passou algumas horas no Hospital do Exército, em Brasília, onde foi submetido a uma sondagem vesical para esvaziar a bexiga e recebeu uma sonda urológica.

De acordo com uma fonte do Planalto, Temer viajará para São Paulo nesta sexta à tarde e deve passar a noite no hospital e fazer um checkup no sábado para verificar a necessidade de outros procedimentos.

Apesar da recomendação para que ficasse em repouso, na quinta-feira à tarde Temer foi ao Planalto e trabalhou até cerca de 18h, recebendo parlamentares e em reunião com ministros. Pelo Twitter, agradeceu à equipe médica que o atendeu e disse que, apesar da recomendação para diminuir o ritmo, tinha “muito o que fazer”.

Como lembrou o colunista do 247 Alex Solnik, a sonda é uma solução provisória devido ao aumento da próstata. A cirurgia consiste na raspagem da próstata até voltar ao tamanho norma. 

Leia, abaixo, texto de Alex Solnik publicado no 247 sobre o assunto: 

Temer vai entrar na faca

Isso que estão dizendo que Temer teve eu tive no ano passado.

Impossível fazer xixi. A sensação é que você vai desfalecer de dor. A próstata aumenta de tal forma que impede a passagem da urina.

A minha estava seis vezes maior que o normal.

A sonda que colocaram nele – e em mim também – é desconfortável e provisória.

Ela "faz xixi" pelo paciente.

Muito desagradável.

Ninguém aguenta a sonda mais que alguns dias.

O tratamento é cirúrgico. Não tem outro.

A cirurgia consiste na raspagem da próstata até voltar ao tamanho normal.

Depois se vê se é só um aumento natural ou cancerígeno.

Dá uns quatro dias de hospital.

Acusado de obstrução de Justiça, Temer já teve obstrução coronária e agora obstrução urinária.

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247