Temer teve encontro secreto com Ciro Nogueira

Em franca articulação para conseguir os votos necessários para o impeachment da presidente Dilma Rousseff, o vice-presidente Michel Temer (PMDB) teve um encontro secreto com o senador Ciro Nogueira (PI), presidente nacional do PP; os dois teria acontecido na última sexta-feira, 8, em São Paulo, na residência de um amigo comum, dois dias depois de o presidente do PP anunciar que seu partido decidiu permanecer na base do governo

Em franca articulação para conseguir os votos necessários para o impeachment da presidente Dilma Rousseff, o vice-presidente Michel Temer (PMDB) teve um encontro secreto com o senador Ciro Nogueira (PI), presidente nacional do PP; os dois teria acontecido na última sexta-feira, 8, em São Paulo, na residência de um amigo comum, dois dias depois de o presidente do PP anunciar que seu partido decidiu permanecer na base do governo
Em franca articulação para conseguir os votos necessários para o impeachment da presidente Dilma Rousseff, o vice-presidente Michel Temer (PMDB) teve um encontro secreto com o senador Ciro Nogueira (PI), presidente nacional do PP; os dois teria acontecido na última sexta-feira, 8, em São Paulo, na residência de um amigo comum, dois dias depois de o presidente do PP anunciar que seu partido decidiu permanecer na base do governo (Foto: Aquiles Lins)

247 - Em franca articulação para conseguir os votos necessários para o impeachment da presidente Dilma Rousseff, o vice-presidente Michel Temer (PMDB) teve um encontro secreto com o senador Ciro Nogueira (PI), presidente nacional do PP. 

O encontro dos dois teria acontecido na última sexta-feira, 8, em São Paulo, na residência de um amigo comum, segundo informações do jornal Estado de S. Paulo. 

O encontro entre Temer e Ciro ocorreu dois dias depois de o presidente do PP anunciar que seu partido decidiu permanecer na base do governo. Ciro Nogueira negou ter encontrado com Temer. "Isso não tem a menor veracidade. Nem me lembro a última vez que estive com ele. Acho que era articulador político do governo", afirmou o senador.  Nos bastidores, porém, teria sinalizado ao vice que pode levar o partido a apoiar o impeachment da presidente Dilma Rousseff se "fatos novos" surgirem até o fim da semana.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247