Temer visita Maceió e promete ajuda para vítimas de enchente

Michel Temer se reuniu, em Maceió, com o prefeito Rui Palmeira (PSDB) e com o governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB), para discutir a situação das áreas atingidas pelas chuvas. Quatro pessoas morreram e mais de mil tiveram que deixar suas casas; "Dois fatores se apresentaram aqui. Um, nós precisamos cumprir a emergência, ou seja, recuperar logo aqueles danos provocados pela chuva. E mais adiante, não se trata de emergência, obras indispensáveis que sejam preventivas, ou seja, nós temos que proteger as encostas para que não hajam deslizamentos", disse Temer

Michel Temer se reuniu, em Maceió, com o prefeito Rui Palmeira (PSDB) e com o governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB), para discutir a situação das áreas atingidas pelas chuvas. Quatro pessoas morreram e mais de mil tiveram que deixar suas casas; "Dois fatores se apresentaram aqui. Um, nós precisamos cumprir a emergência, ou seja, recuperar logo aqueles danos provocados pela chuva. E mais adiante, não se trata de emergência, obras indispensáveis que sejam preventivas, ou seja, nós temos que proteger as encostas para que não hajam deslizamentos", disse Temer
Michel Temer se reuniu, em Maceió, com o prefeito Rui Palmeira (PSDB) e com o governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB), para discutir a situação das áreas atingidas pelas chuvas. Quatro pessoas morreram e mais de mil tiveram que deixar suas casas; "Dois fatores se apresentaram aqui. Um, nós precisamos cumprir a emergência, ou seja, recuperar logo aqueles danos provocados pela chuva. E mais adiante, não se trata de emergência, obras indispensáveis que sejam preventivas, ou seja, nós temos que proteger as encostas para que não hajam deslizamentos", disse Temer (Foto: José Barbacena)

Alagoas 247 - Michel Temer (PMDB) se reuniu, em Maceió, com o prefeito Rui Palmeira (PSDB) e com o governador de Alagoas, Renan Filho (PMDB), para discutir a situação das áreas atingidas pelas chuvas. Quatro pessoas morreram e mais de mil tiveram que deixar suas casas.

"Dois fatores se apresentaram aqui. Um, nós precisamos cumprir a emergência, ou seja, recuperar logo aqueles danos provocados pela chuva. E mais adiante, não se trata de emergência, obras indispensáveis que sejam preventivas, ou seja, nós temos que proteger as encostas para que não hajam deslizamentos", disse Temer.

O presidente da República chegou ao estado no final da tarde, em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB), acompanhado do presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), e do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM).

Ele falou também sobre a situação das pessoas que tiveram que deixas as suas casas, disse que é preciso reconstruir logo o que foi destruído, mas não da verba a ser destinada às áreas atingidas.

"Valores não tenho ainda, preciso verificar quais os danos e o que é que é preciso fazer, mas logo nós teremos resposta para isso", disse o presidente.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247