Teresina deve ter nova greve de ônibus

Trabalhadores pedem 5% de reajuste salarial, ticket de alimentação nas férias e que o desconto do plano de saúde seja em percentual, sendo 30% para o trabalhador e 70% para os patrões; mas o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Teresina (Setut) apresentou 1,8% de reajuste

Trabalhadores pedem 5% de reajuste salarial, ticket de alimentação nas férias e que o desconto do plano de saúde seja em percentual, sendo 30% para o trabalhador e 70% para os patrões; mas o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Teresina (Setut) apresentou 1,8% de reajuste
Trabalhadores pedem 5% de reajuste salarial, ticket de alimentação nas férias e que o desconto do plano de saúde seja em percentual, sendo 30% para o trabalhador e 70% para os patrões; mas o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Teresina (Setut) apresentou 1,8% de reajuste (Foto: Leonardo Lucena)

Piauí 247 - Uma nova greve de ônibus deve ser anunciada em Teresina ainda nesta semana. Trabalhadores pedem 5% de reajuste salarial, ticket de alimentação nas férias e que o desconto do plano de saúde seja em percentual, sendo 30% para o trabalhador e 70% para os patrões. Mas o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Teresina (Setut) apresentou 1,8% de reajuste.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários do Piauí (Sintetro), Fernando Feijão, “a tarifa sofreu um reajuste de mais de 9% e estamos pedindo só 5%. Eles sempre alegam que a esse aumento deveria ser maior, que a prefeitura deve dinheiro a eles e quem fica no meio dessa confusão, sofrendo são os trabalhadores e a população”, acrescentou. Relato no jornal Cidade Verde.

O sindicalista afirmou que na sexta-feira(26) terá uma assembleia geral às 9h e outra chamada às 17h, para decidirem se entrarão em greve.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247