Teste da Ferrovia Jacarta-Bandung é concluído com sucesso

Todos os indicadores técnicos tiveram um bom desempenho

www.brasil247.com - Ferrovia Jacarta-Bandung
Ferrovia Jacarta-Bandung (Foto: Mídia chinesa)


Rádio Internacional da China - Um trem da ferrovia de alta velocidade desenvolvido pela China concluiu nesta quarta-feira (16), horário local, um teste abrangente sobre um trecho da Ferrovia Jacarta-Bandung. Todos os indicadores técnicos tiveram um bom desempenho, o que significa o sucesso da operação experimental dessa ferrovia construída em cooperação entre China e Indonésia.

Essa ferrovia de alta velocidade que liga a capital da Indonésia, Jacarta, à famosa cidade turística, Bandung, tem um comprimento total de 142,3 quilômetros e uma velocidade máxima de operação de 350 quilômetros por hora. O projeto começou sua construção em junho de 2018, sendo um programa simbólico para a implementação da iniciativa do Cinturão e Rota e promoção da cooperação pragmática entre a China e a Indonésia. Trata-se do primeiro projeto de ferrovia de alta velocidade da China no exterior usando todos os seus próprios sistemas, fatores e cadeia industrial, aplicando totalmente tecnologia e padrões chineses. Após a conclusão do projeto, o tempo de viagem entre as duas cidades indonésias diminuirá de mais de três horas para 40 minutos.

Esta nova ferrovia de alta velocidade melhorará as condições de tráfego local e impulsionará o desenvolvimento econômico e social ao longo da linha, tendo uma grande importância para aprofundar a cooperação pragmática bilateral.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247