‘Tiraram o craque de campo. Só esqueceram de combinar com a torcida’

O ex-governador da Bahia Jaques Wagner prestou solidariedade ao ex-presidente Lula; "Os adversários já fizeram gol irregular e até recorreram ao tapetão para tirar o craque do nosso time de campo. Só esqueceram de combinar com a torcida. Na arquibancada, o povo espera ansioso pelo momento em que poderá participar desse jogo para fazer o Brasil feliz de novo"

O ex-governador da Bahia Jaques Wagner prestou solidariedade ao ex-presidente Lula; "Os adversários já fizeram gol irregular e até recorreram ao tapetão para tirar o craque do nosso time de campo. Só esqueceram de combinar com a torcida. Na arquibancada, o povo espera ansioso pelo momento em que poderá participar desse jogo para fazer o Brasil feliz de novo"
O ex-governador da Bahia Jaques Wagner prestou solidariedade ao ex-presidente Lula; "Os adversários já fizeram gol irregular e até recorreram ao tapetão para tirar o craque do nosso time de campo. Só esqueceram de combinar com a torcida. Na arquibancada, o povo espera ansioso pelo momento em que poderá participar desse jogo para fazer o Brasil feliz de novo" (Foto: Leonardo Lucena)

Bahia 247 - O ex-governador da Bahia Jaques Wagner voltou a manifestar solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso em Curitiba (PR), depois de ter sido condenado sem provas no processo do triplex em Guarujá (SP).

"Os adversários já fizeram gol irregular e até recorreram ao tapetão para tirar o craque do nosso time de campo. Só esqueceram de combinar com a torcida. Na arquibancada, o povo espera ansioso pelo momento em que poderá participar desse jogo para fazer o Brasil feliz de novo", disse Wagner neste sábado (16) em sua conta no Facebook.

Nesta sexta-feira (15), Wagner publicou um vídeo na rede social chamando o povo para contribuir financeiramente com a campanha de Lula à presidência da República. "Aprisionaram a esperança e querem nos sufocar financeiramente. Está na hora de cada um de nós contribuir".

Intenções de voto

De acordo com pesquisa Datafolha, divulgada no domingo (10) pelo jornal "Folha de S.Paulo", o ex-presidente Lula fica em primeiro lugar, com 30% dos votos. Na sequência aparecem o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), com 17%, e a ex-senadora Marina Silva, da Rede (10%). Na quarta posição estão Geraldo Alckmin (PSDB) e Ciro Gomes (PDT), ambos com 6%.

O levantamento apontou, ainda, que Lula vence qualquer adversário no segundo turno - 49% a 32% contra Bolsonaro, com brancos e nulos somam 17%. Não souberam responder somam 1%

Na disputa conta Alckmin, Lula ganha por 49% a 27% contra Alckmin; branco/Nulo, 22%, e não souberam responder, 1%.

Contra Marina, o ex-presidente vence por 46% a 31%. Brancos e nulos somaram 21%, e não souberam responder, 1%.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247