Tite fala em levar ‘transparência’ à seleção

Na primeira entrevista coletiva como técnico da seleção brasileira, Tite afirmou nesta segunda-feira que aceitou o convite pois acredita que ocupar o cargo é a melhor maneira de contribuir com o futebol, mesmo tendo assinado manifesto contra a diretoria da Confederação Brasileira de Futebol (CBF); ele também falou em levar "transparência" à seleção

Na primeira entrevista coletiva como técnico da seleção brasileira, Tite afirmou nesta segunda-feira que aceitou o convite pois acredita que ocupar o cargo é a melhor maneira de contribuir com o futebol, mesmo tendo assinado manifesto contra a diretoria da Confederação Brasileira de Futebol (CBF); ele também falou em levar "transparência" à seleção
Na primeira entrevista coletiva como técnico da seleção brasileira, Tite afirmou nesta segunda-feira que aceitou o convite pois acredita que ocupar o cargo é a melhor maneira de contribuir com o futebol, mesmo tendo assinado manifesto contra a diretoria da Confederação Brasileira de Futebol (CBF); ele também falou em levar "transparência" à seleção (Foto: Gisele Federicce)

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Na primeira entrevista coletiva como técnico da seleção brasileira, Tite afirmou nesta segunda-feira que aceitou o convite pois acredita que ocupar o cargo é a melhor maneira de contribuir com o futebol, mesmo tendo assinado manifesto contra a diretoria da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Tite disse que democratização e transparência permanecem como seus conceitos em todas as áreas e que tem autonomia para desenvolver o melhor para o futebol brasileiro.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247