Transalvador pode parar por 24 horas

Servidores estão alegando graves problemas na estrutura do órgão, tais como a situação das viaturas, que, segundo eles, têm "pneus carecas e lanternas quebradas", além de sanitários sem condições de uso nas dependências do órgão

Transalvador pode parar por 24 horas
Transalvador pode parar por 24 horas
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247

Os servidores da Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador (Transalvador) estão alegando graves problemas na estrutura do órgão que é autarquia da Secretaria de Urbanismo e Transportes. Entre as queixas mais graves está a situação das viaturas, que, segundo eles, têm "pneus carecas e lanternas quebradas", além de sanitários sem condições de uso nas dependências do órgão.

Os servidores afirmam em matéria publicada na Tribuna da Bahia que já entregaram ao superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller, e ao secretário de Urbanismo e Transporte, José Carlos Aleluia, um diagnóstico com os problemas e possíveis soluções logo no início da gestão do prefeito ACM Neto (DEM), em janeiro último.

"A verdade é que os servidores da Transalvador assumiram um compromisso de, mesmo sem condições dignas, executar nossas atividades da melhor forma possível nesse início da nova gestão. O que estamos percebendo nas conversas com a administração municipal é a vontade de cortar direitos do servidor a todo custo", afirma João Raimundo, coordenador geral do Sindicato dos Agentes de Trânsito e Transporte do Município de Salvador e Região Metropolitana Sindttrans.

A categoria decide se fará paralisação em assembleia geral amanhã às 7h.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email