Trânsito em horários de pico cai em SP em 2015

Redução na lentidão do congestionamento na capital paulista foi de 16% no horário de pico da tarde, entre 17h e 20h; pela manhã, entre 7h e 10h, a queda foi de 6,6% no ano passado, segundo dados da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET); pelo Twitter, o prefeito Fernando Haddad (PT) atribuiu o menor congestionamento às medidas de redução na velocidade média nas principais vias; "Previsão se confirma: como em outras cidades do mundo, trânsito CAI com redução de velocidade máxima" 

Redução na lentidão do congestionamento na capital paulista foi de 16% no horário de pico da tarde, entre 17h e 20h; pela manhã, entre 7h e 10h, a queda foi de 6,6% no ano passado, segundo dados da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET); pelo Twitter, o prefeito Fernando Haddad (PT) atribuiu o menor congestionamento às medidas de redução na velocidade média nas principais vias; "Previsão se confirma: como em outras cidades do mundo, trânsito CAI com redução de velocidade máxima" 
Redução na lentidão do congestionamento na capital paulista foi de 16% no horário de pico da tarde, entre 17h e 20h; pela manhã, entre 7h e 10h, a queda foi de 6,6% no ano passado, segundo dados da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET); pelo Twitter, o prefeito Fernando Haddad (PT) atribuiu o menor congestionamento às medidas de redução na velocidade média nas principais vias; "Previsão se confirma: como em outras cidades do mundo, trânsito CAI com redução de velocidade máxima"  (Foto: Paulo Emílio)

247 - A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) de São Paulo divulgou dados que apontam que ao longo de 2015 a lentidão no trânsito da capital caiu significativamente.

Segundo a CET, as maiores quedas foram apontadas no horário entre 17 e 20 horas, quando os engarrafamentos caíram 16,6% em comparação com o exercício anterior. No horário entre 7 e 10 horas da manhã, redução foi de 6,6%.

"Previsão se confirma: como em outras cidades do mundo, trânsito CAI com redução de velocidade máxima", comemorou o prefeito Fernando Haddad, em sua conta no Twitter, atribuindo a queda às medidas de redução da velocidade nas principais vias da cidade.

Segundo especialistas, a redução foi obtida como resultado da conjunção de dois fatores, a redução da velocidade e a crise econômica. Segundo a CET, em 2015 a média de lentidão chegou a 95 quilômetros, contra 114 quilômetros no ano anterior.

O secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, ressaltou a importância das políticas de mobilidade e ponderou que não existe relação entre o desempenho da economia e a redução na lentidão do trânsito na capital paulista.

Segundo ranking da empresa de Tom Tom, São Paulo estava na 7.º posição entre as cidades com o pior trânsito do mundo em 2013. NO levantamento de 2015, porém, a cidade já aparecia no 58º lugar. "A redução de velocidade foi crucial e estratégica para a melhora da fluidez", disse Tatto.

Ele também destacou outras medidas como a criação de bolsões para motoqueiros nas grandes avenidas e a implantação de mais de 400 quilômetros de faixas para ônibus.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247