Transparência Internacional apoia investigações na merenda de SP

O presidente da Transparência Internacional (TI), José Carlos Ugaz, que está em visita oficial ao Brasil desde o início da semana, dará uma aula sobre a luta contra a corrupção no mundo para estudantes da rede pública de ensino de São Paulo, nesta quinta (30); Ugaz contará sobre sua experiência como procurador no Peru, onde teve atuação destacada para levar à prisão o ex-presidente Alberto Fujimori, e sobre sua experiência como presidente da TI, o que lhe possibilitou conhecer movimentos anticorrupção de diversos países; no encontro com estudantes, Ugaz vai apoiar a demanda por investigações sobre o escândalo da merenda

O presidente da Transparência Internacional (TI), José Carlos Ugaz, que está em visita oficial ao Brasil desde o início da semana, dará uma aula sobre a luta contra a corrupção no mundo para estudantes da rede pública de ensino de São Paulo, nesta quinta (30); Ugaz contará sobre sua experiência como procurador no Peru, onde teve atuação destacada para levar à prisão o ex-presidente Alberto Fujimori, e sobre sua experiência como presidente da TI, o que lhe possibilitou conhecer movimentos anticorrupção de diversos países; no encontro com estudantes, Ugaz vai apoiar a demanda por investigações sobre o escândalo da merenda
O presidente da Transparência Internacional (TI), José Carlos Ugaz, que está em visita oficial ao Brasil desde o início da semana, dará uma aula sobre a luta contra a corrupção no mundo para estudantes da rede pública de ensino de São Paulo, nesta quinta (30); Ugaz contará sobre sua experiência como procurador no Peru, onde teve atuação destacada para levar à prisão o ex-presidente Alberto Fujimori, e sobre sua experiência como presidente da TI, o que lhe possibilitou conhecer movimentos anticorrupção de diversos países; no encontro com estudantes, Ugaz vai apoiar a demanda por investigações sobre o escândalo da merenda (Foto: Valter Lima)

247 - O presidente da Transparência Internacional (TI), José Carlos Ugaz, 57, que está em visita oficial ao Brasil desde o início da semana, dará uma aula sobre a luta contra a corrupção no mundo para estudantes da rede pública de ensino de São Paulo, nesta quinta-feira (30), das 8h30 às 10h. No encontro, que acontecerá na Escola Estadual Moacyr de Campos, Ugaz contará sobre sua experiência como procurador no Peru, onde teve atuação destacada para levar à prisão o ex-presidente Alberto Fujimori, e sobre sua experiência como presidente da TI, o que lhe possibilitou conhecer movimentos anticorrupção de diversos países. No encontro com estudantes, Ugaz vai apoiar a demanda por investigações sobre o escândalo da merenda.

Realizado em conjunto com lideranças estudantis, como a União Paulista dos Estudantes Secundaristas (UPES) e a União Estadual dos Estudantes de São Paulo (UEE-SP), o encontro marca a solidariedade da Transparência Internacional aos estudantes que lutam por melhores condições de ensino – em São Paulo e em todo o Brasil – e reitera a mensagem da TI de que a luta contra a corrupção deve ser ensinada ainda na escola.eriência como procurador no Peru, onde teve atuação destacada para levar à prisão o ex-presidente Alberto Fujimori, e sobre sua experiência como presidente da TI, o que lhe possibilitou conhecer movimentos anticorrupção de diversos países. No encontro com estudantes, Ugaz vai apoiar a demanda por investigações sobre o escândalo da merenda.

Em um vídeo gravado recentemente e postado no perfil oficial da TI no YouTube, José Ugaz defende que a CPI da merenda, da Assembleia Legislativa de São Paulo, faça uma investigação imparcial e completa das denúncias sobre desvios de dinheiro público que estavam destinados à compra de merendas para estudantes e que responsáveis sejam punidos. “Sejam perseverantes em sua luta, mantenham sua voz forte e não deixem que a violência contamine sua manifestação cidadã”, completa Ugaz, em apoio aos estudantes.

Confira o vídeo:

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247