Trump ampliou limites para uso de armas cibernéticas dos EUA, diz WSJ

Donald Trump assinou um decreto anulando a Diretriz Presidencial 20, que delineava um processo interagências elaborado antes de os EUA realizarem ataques cibernéticos, disse o jornal, citando pessoas a par da ação.

Trump ampliou limites para uso de armas cibernéticas dos EUA, diz WSJ
Trump ampliou limites para uso de armas cibernéticas dos EUA, diz WSJ

(Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, adotou medidas na quarta-feira para ampliar os limites para o uso governamental de armas cibernéticas contra adversários, revertendo diretrizes da era Obama, informou o Wall Street Journal na quarta-feira.

Trump assinou um decreto anulando a Diretriz Presidencial 20, que delineava um processo interagências elaborado antes de os EUA realizarem ataques cibernéticos, disse o jornal, citando pessoas a par da ação.

A Casa Branca não respondeu de imediato a um pedido de comentário da Reuters.

Embora a diretriz assinada pelo ex-presidente Barack Obama fosse confidencial, seu conteúdo veio a público quando ela foi vazada em 2013 pelo ex-prestador de serviços de inteligência Edward Snowden, segundo o WSJ.

Não ficou claro que regras o governo Trump está adotando para substituir a política da era Obama, disse o jornal, acrescentando que, embora várias autoridades dos EUA tenham confirmado que a diretriz foi revertida, não quiseram falar mais, mencionando a natureza sigilosa do processo.

Críticos da diretriz da gestão Obama acreditam que ela impedia uma reação rápida e vigorosa a ataques cibernéticos por envolver agências federais demais no planejamento.

Por David Alexander

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247