Tucano Imbassahy é eleito vice-presidente da CPI

Líder do PSDB na Câmara em 2014, Antônio Imbassahy assumiu nesta quinta-feira a vice-presidência da CPI da Petrobras, com 23 votos a favor e quatro em branco; ele reforçou os objetivos do colegiado; "Não deveremos nos desviar dos interesses principais da investigação, que é chegar a todos os envolvidos e reerguer a Petrobras. Estarei ao lado de todos os colegas, buscando harmonizar e focando num bom resultado. Vamos atuar com o interesse de fazer um bom trabalho para o país", prometeu o deputado

Líder do PSDB na Câmara em 2014, Antônio Imbassahy assumiu nesta quinta-feira a vice-presidência da CPI da Petrobras, com 23 votos a favor e quatro em branco; ele reforçou os objetivos do colegiado; "Não deveremos nos desviar dos interesses principais da investigação, que é chegar a todos os envolvidos e reerguer a Petrobras. Estarei ao lado de todos os colegas, buscando harmonizar e focando num bom resultado. Vamos atuar com o interesse de fazer um bom trabalho para o país", prometeu o deputado
Líder do PSDB na Câmara em 2014, Antônio Imbassahy assumiu nesta quinta-feira a vice-presidência da CPI da Petrobras, com 23 votos a favor e quatro em branco; ele reforçou os objetivos do colegiado; "Não deveremos nos desviar dos interesses principais da investigação, que é chegar a todos os envolvidos e reerguer a Petrobras. Estarei ao lado de todos os colegas, buscando harmonizar e focando num bom resultado. Vamos atuar com o interesse de fazer um bom trabalho para o país", prometeu o deputado (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Líder do PSDB na Câmara em 2014, o deputado baiano Antônio Imbassahy assumiu nesta quinta-feira (5) a vice-presidência da CPI da Petrobras, com 23 votos a favor e quatro em branco. Ele agradeceu sua indicação ao atual líder do PSDB na Casa, Carlos Sampaio (SP), e reforçou os objetivos do colegiado.

"Não deveremos nos desviar dos interesses principais da investigação, que é chegar a todos os envolvidos e reerguer a Petrobras. Estarei ao lado de todos os colegas, buscando harmonizar e focando num bom resultado. Vamos atuar com o interesse de fazer um bom trabalho para o país", prometeu o deputado.

Imbassahy afirmou que na reunião de hoje o colegiado decidiu contratar "uma empresa de conceito internacional" para investigar o dinheiro desviado da Petrobras no exterior e tentar recuperar os ativos.

A comissão também definiu que o primeiro convocado será o ex-diretor da estatal Pedro Barusco, que, em depoimento à Polícia Federal, em acordo de delação premiada, estimou que o PT recebeu de propina em contratos da estatal entre US$ 150 milhões e US$ 200 milhões. Esses valores teriam saído de 90 contratos da companhia com grandes empresas, fechados entre 2003 e 2013.

"Assinei requerimento de convocação a ser encaminhado ao juiz Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Operação Lava Jato. Queremos ouvir Barusco na próxima terça-feira, dia 10", disse Imbassahy.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247