Turista escocês diz à Globo que já ouviu muito Fora Temer no carnaval

Um turista escocês deixou um repórter da Globo em Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo, em situação desconcertante ao falar sobre suas impressões do carnaval no litoral paulista; ao ser perguntado pelo repórter Pedro Melo sobre o que o turista, identificado como um biólogo de nome Johnny, o turista respondeu: "Todo mundo no bloco gritava 'Fora Temer!', 'fora todos eles' eu não sei o que significa"; confira no vídeo

Um turista escocês deixou um repórter da Globo em Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo, em situação desconcertante ao falar sobre suas impressões do carnaval no litoral paulista; ao ser perguntado pelo repórter Pedro Melo sobre o que o turista, identificado como um biólogo de nome Johnny, o turista respondeu: "Todo mundo no bloco gritava 'Fora Temer!', 'fora todos eles' eu não sei o que significa"; confira no vídeo
Um turista escocês deixou um repórter da Globo em Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo, em situação desconcertante ao falar sobre suas impressões do carnaval no litoral paulista; ao ser perguntado pelo repórter Pedro Melo sobre o que o turista, identificado como um biólogo de nome Johnny, o turista respondeu: "Todo mundo no bloco gritava 'Fora Temer!', 'fora todos eles' eu não sei o que significa"; confira no vídeo (Foto: Aquiles Lins)

SP 247 - Um turista escocês deixou um repórter da Globo em Caraguatatuba, litoral norte de São Paulo, em situação desconcertante ao falar sobre suas impressões do carnaval no litoral paulista.

Ao ser perguntado pelo repórter Pedro Melo sobre o que o turista estava achando da festa, o jovem identificado como um biólogo de nome Johnny, respondeu: "Todo mundo no bloco gritava 'Fora Temer!', 'fora todos eles' eu não sei o que significa".

Rapidamente, o repórter fez uma pergunta a uma criança que estava ao lado do turista.

Confira no vídeo acima.

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247.Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247