TV247 lança programa DigiClub e explica o básico sobre Bitcoin, Blockchain e criptomoedas

Comece a entender um dos assuntos mais badalados do universo da tecnologia e da inovação.

TV247 lança programa DigiClub e explica o básico sobre Bitcoin, Blockchain e criptomoedas
TV247 lança programa DigiClub e explica o básico sobre Bitcoin, Blockchain e criptomoedas

Por Pedro Zambarda, editor do DigiClub.

O que raios é um Bitcoin? Como as moedas digitais estão mudando as transações na internet? E por qual razão elas se valorizaram tanto nos últimos anos?

Bitcoin, para quem não sabe, é uma criptomoeda, dinheiro produzido através de programação criptografada. A moeda valorizou-se até o patamar de US$ 20 mil em 2017 e enfrentou uma abrupta desvalorização de 30% no final do ano passado. Sua flutuação atual gira em torno de US$ 15 mil. Os otimistas acham que ela vai se valorizar mais. Os realistas e pessimistas questionam o valor da moeda e a acusam de ser "bolha" ou "esquema de pirâmide" - sendo que o último é utilizado para esconder fraudes.

O Nobel de economia Joseph Stiglitz disse à BBC que acha que Bitcoin pode ser categorizado como "pirâmide" justamente por esconder lavagem de dinheiro e esquemas ilegais. A crítica é válida, mas não explica totalmente o motivo dele estar no noticiário.

Para responder suas perguntas, o site DigiClub, junto com a TV247 do portal Brasil 247, fez um programa especial sobre o tema.

O que são criptomoedas?

Tratam-se de moedas digitais criadas para uma economia descentralizada virtual, adotada por militantes libertários nos Estados Unidos e por Estados que tentam fugir do lastro do dólar. Seu valor é social e algumas possuem um volume limitado de circulação, como é o caso do Bitcoin que precisa ser "minerado" por computadores processando dentro de uma casa de câmbio digital.

As criptomoedas se tornaram populares graças a Satoshi Nakamoto, que costuma ser chamado como criador da primeira Bitcoin em 2009, mas outros experimentos já foram realizados em 1983 envolvendo uma unidade monetária chamada ecash. As máquinas produzem a moeda criptografada numa conexão ponto a ponto, que existe dentro da internet.

E para fazer isso, é necessária uma tecnologia específica.

Blockchain, a chave das transações

Descrito como o "caderno de anotações", Blockchain é a tecnologia que torna possível o Bitcoin. Ele registra operações dos PCs e converte elas em unidades monetárias. Sendo uma tecnologia mais ampla, o caderno também permite trocas no anonimato e protege usuários de monitoramento dentro da internet, atingindo a camada da deep web.

O problema é que na rede profunda também ocorrem transações envolvendo drogas, produtos ilegais e informações que seriam criminosas caso viessem à superfície. As criptomoedas funcionam neste nível.

E só há o Bitcoin?

Não, ele não é a única moeda. Há unidades monetárias digitais na casa das dezenas ou centenas de dólares, o que se torna um investimento mais seguro. Há litecoin, criptomoedas próximas de marcas como Kodak e hackers da Coreia do Sul também estão desenvolvendo as suas.

Mark Zuckerberg, o chefão do Facebook, está estudando o assunto e pode desenvolver uma unidade monetária vinculada com sua rede social.

Assista a primeira entrevista da TV247 DigiClub sobre o tema. Convidamos Emerson Marques Pedro, mestrando da USP, sociólogo e investidor, para ensinar os princípios básicos.

Inscreva-se na TV 247 e confira como foi o primeiro programa:

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247