UnB registra tremor de terra na Grande BH

O Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB) informou que um tremor de terra atingiu parte da Região Metropolitana de Belo Horizonte; de acordo com o professor George Sand, o abalo, de 4.2 na Escala Richter, teve o epicentro na cidade de Esmeraldas e ao menos outros seis municípios sentiram a terra tremer; segundo ele, a intensidade pode causar rachaduras em casas e barulho

O Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB) informou que um tremor de terra atingiu parte da Região Metropolitana de Belo Horizonte; de acordo com o professor George Sand, o abalo, de 4.2 na Escala Richter, teve o epicentro na cidade de Esmeraldas e ao menos outros seis municípios sentiram a terra tremer; segundo ele, a intensidade pode causar rachaduras em casas e barulho
O Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB) informou que um tremor de terra atingiu parte da Região Metropolitana de Belo Horizonte; de acordo com o professor George Sand, o abalo, de 4.2 na Escala Richter, teve o epicentro na cidade de Esmeraldas e ao menos outros seis municípios sentiram a terra tremer; segundo ele, a intensidade pode causar rachaduras em casas e barulho (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 - O Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB) informou que, na manhã desta segunda-feira (2), um tremor de terra atingiu parte da Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com o professor George Sand, o abalo, de 4.2 na Escala Richter, teve o epicentro na cidade de Esmeraldas e ao menos outros seis municípios sentiram a terra tremer.

Segundo ele, a intensidade pode causar rachaduras em casas e barulho. O professor informou que o terremoto foi registrado às 6h21. O Corpo de Bombeiros informou que, até as 7h50, não havia sido chamado.

O coordenador técnico da Defesa Civil de Betim, Gilberto Vieira Andrade, afirmou que moradores de vários bairros da cidade ligaram para o órgão e relataram ter sentido o tremor. Mas, de acordo com Andrade, ninguém se queixou de danos. As informações são do G1.

No último dia 24 de março, um tremor de terra foi registrado em Sete Lagoas, na Região Central de Minas Gerais. Segundo os Bombeiros, não houve registro de danos na ocasião. O professor George Sand, do observatório, informou que a intensidade do tremor era fraca e que os moradores da região devem ter sentido o solo balançar por cerca de 15 segundos.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email