União libera início das obras do Porto Sul

O Decreto de Utilidade Pública (DUP) que classifica como 'obra essencial' a implantação do Porto Sul foi publicado nesta segunda-feira no Diário Oficial da União, com as assinaturas da presidente Dilma Rousseff; dos ministros da Secretaria dos Portos, Helder Barbalho; e do Meio Ambiente, Izabella Teixeira; o DUP federal era necessário para que o Ibama liberasse a Autorização de Supressão Vegetal do bioma de Mata Atlântica existente na região

O Decreto de Utilidade Pública (DUP) que classifica como 'obra essencial' a implantação do Porto Sul foi publicado nesta segunda-feira no Diário Oficial da União, com as assinaturas da presidente Dilma Rousseff; dos ministros da Secretaria dos Portos, Helder Barbalho; e do Meio Ambiente, Izabella Teixeira; o DUP federal era necessário para que o Ibama liberasse a Autorização de Supressão Vegetal do bioma de Mata Atlântica existente na região
O Decreto de Utilidade Pública (DUP) que classifica como 'obra essencial' a implantação do Porto Sul foi publicado nesta segunda-feira no Diário Oficial da União, com as assinaturas da presidente Dilma Rousseff; dos ministros da Secretaria dos Portos, Helder Barbalho; e do Meio Ambiente, Izabella Teixeira; o DUP federal era necessário para que o Ibama liberasse a Autorização de Supressão Vegetal do bioma de Mata Atlântica existente na região (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - O Decreto de Utilidade Pública (DUP) que classifica como 'obra essencial' a implantação do Porto Sul foi publicado nesta segunda-feira (26) no Diário Oficial da União (DOU), com as assinaturas da presidente Dilma Rousseff; dos ministros da Secretaria dos Portos, Helder Barbalho; e do Meio Ambiente, Izabella Teixeira.

O DUP federal era necessário para que o Ibama liberasse a Autorização de Supressão Vegetal do bioma de Mata Atlântica existente na região.

Em audiências realizadas em agosto pela Comissão Especial da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) e Porto Sul da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), a autorização foi apontada como última pendência para o começo da execução da obra.

"Essa publicação é uma esperança, um renovar de energia neste longo ciclo de luta em favor da implantação do Porto Sul. Desafios novos estão por vir, mas não abriremos mão deste projeto tão essencial para nossa Bahia, cada vez mais perto de ser real. Inegável a dimensão e a importância que a ferrovia, juntamente com o Porto Sul, tem para a construção de um estado ainda mais forte e competitivo", diz a presidente da comissão especial, deputada Ivana Bastos (PSD).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247