Universitária é presa por tráfico internacional de drogas

Uma estudante de Nutrição foi presa pela Polícia Federal, no Aeroporto Internacional do Recife, com quase 6 quilos de haxixe numa bolsa; com apenas 18 anos, a universitária contou para os policiais que foi convencida por um presidiário que conheceu e cumpre pena no Ceará - onde ela também estuda, e que ganharia R$ 10 mil; ela recebeu a droga em Barcelona, na Espanha, e levaria para o Rio de Janeiro; caso condenada por tráfico internacional de drogas a pena varia de 5 a 20 anos de reclusão

Uma estudante de Nutrição foi presa pela Polícia Federal, no Aeroporto Internacional do Recife, com quase 6 quilos de haxixe numa bolsa; com apenas 18 anos, a universitária contou para os policiais que foi convencida por um presidiário que conheceu e cumpre pena no Ceará - onde ela também estuda, e que ganharia R$ 10 mil; ela recebeu a droga em Barcelona, na Espanha, e levaria para o Rio de Janeiro; caso condenada por tráfico internacional de drogas a pena varia de 5 a 20 anos de reclusão
Uma estudante de Nutrição foi presa pela Polícia Federal, no Aeroporto Internacional do Recife, com quase 6 quilos de haxixe numa bolsa; com apenas 18 anos, a universitária contou para os policiais que foi convencida por um presidiário que conheceu e cumpre pena no Ceará - onde ela também estuda, e que ganharia R$ 10 mil; ela recebeu a droga em Barcelona, na Espanha, e levaria para o Rio de Janeiro; caso condenada por tráfico internacional de drogas a pena varia de 5 a 20 anos de reclusão (Foto: Voney Malta)

Pernambuco 247 – Convencida por um presidiário que conheceu e cumpre pena no Ceará, onde estuda, uma aluna do curso de Nutrição topou viajar para Barcelona, na Espanha, e de lá trazer uma mochila com droga e receber R$ 10 mil. Parece novela, mas não é. E ela, com apenas 18 anos, topou participar, pela primeira vez, do tráfico internacional de drogas, cuja pena, em caso de condenação, varia de 5 a 20 anos de reclusão.

Ela foi presa pela Polícia Federal, na noite desta segunda-feira (14), no Aeroporto Internacional do Recife com quase 6 quilos de haxixe, em sua bolsa, ao desembarcar do voo proveniente da Europa, traída pelo próprio nervosismo. Os federais desconfiaram dela pelo comportamento e pela demonstração de apreensão ao não conseguir parar de observar ao trabalho da PF e da Receita Federal.Bingo! Ao ter a sua bagagem selecionada para o Raio-X e aparentar ainda mais nervosismo.

Ela embarcou em Fortaleza no dia 14 de outubro com destino ao Rio de Janeiro. Encontrou o seu contato e recebeu as orientações sobre o que fazer na Espanha, para onde seguiu dois dias depois. De lá, já de posse da mercadoria, voou para Lisboa, em Portugal, e para o Recife, onde passaria a noite e seguiria para o Rio de Janeiro para entregar o Haxixe. 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247