Usina Solar da Arena opera já em 2013

Com investimentos de R$ 13 milhões, equipamento será capaz de gerar 1.450 Megawatts por ano

Usina Solar da Arena opera já em 2013
Usina Solar da Arena opera já em 2013 (Foto: Divulgação)

Portal da Copa - Quando estiver pronta em 2013, a Arena Pernambuco contará com uma usina solar capaz de gerar 1.450 Megawatts por ano, o equivalente ao consumo de 1.200 residências. O investimento no sistema, que começará a ser instalado em 2012, será de R$ 13 milhões. A energia elétrica gerada servirá para abastecer o estádio, com capacidade para 46 mil pessoas, sede de três partidas da Copa das Confederações e cinco da Copa do Mundo.

A energia produzida pela usina, que será instalada em uma área contígua à Arena Pernambuco, será destinada ao estádio por meio de painéis que vão captar a luz emitida pelo sol. Módulos que compõem o sistema transformam a luminosidade em energia elétrica e, com o auxílio de um inversor, a corrente contínua passa a ser alternada. A partir desse momento, a energia produzida pode ser entregue para o sistema elétrico do estádio ou para a rede de distribuição convencional.

Esse processo vai diminuir o risco de perdas de transmissão, pois a energia será produzida e consumida no local. O baixo custo de manutenção permite a geração distribuída, reduzindo as despesas globais de energia. Além disso, traz benefícios ambientais, por ser uma fonte renovável e não poluente.

"A instalação da usina solar fotovoltaica em um estádio que sediará partidas da Copa representa uma excelente vitrine para a difusão de utilização de fontes renováveis de energia elétrica. Indiscutivelmente, a geração de energia solar representa uma significativa contribuição ao meio ambiente", ressalta Ana Cristina Mascarenhas, assessora de eficiência energética do grupo Neoenergia, responsável pela execução do projeto junto à Companhia Energética de Pernambuco.

Fonte: Secopa-PE

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247