Vaccarezza: secretário da Fifa é 'persona non grata'

As declaraes de Jrome Valcke foram mal recebidas pelo governo brasileiro; "O palavreado chulo do senhor Jrome o desqualifica para conversar com o Brasil", disse o lder do governo na Cmara

Vaccarezza: secretário da Fifa é 'persona non grata'
Vaccarezza: secretário da Fifa é 'persona non grata' (Foto: Saulo Cruz/Câmara)

As declarações do secretário-geral da Fifa, Jèrome Valcke, de que os organizadores da Copa de 2014 devem levar um "chute no traseiro para que se deem conta de que precisam trabalhar" foram muito mal recebidas pelo governo. "O palavreado chulo do senhor Jèrome o desqualifica para conversar com o Brasil", disse o líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP).

"Com essa postura, Jèrome Valcke atrapalhou a discussão da Lei Geral da Copa", disse Vaccarezza. O projeto deverá ser votado nesta semana pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). "Vou pedir para o relator da Lei (deputado Vicente Cândido, do PT de São Paulo) e os deputados da base para interromperem qualquer discussão com o secretário da Fifa".

Vaccarezza disse que, se Valcke for à Câmara (ele deverá vir ao Brasil nesta semana), vai procurá-lo. "Vou me dirigir a ele para dizer que se trata de um desqualificado para ter qualquer tipo de diálogo com o Brasil. Para mim, ele é 'persona non grata' na Câmara dos Deputados". Vaccarezza disse esperar que a Fifa escolha outra pessoa para dialogar com o Brasil sobre a Lei Geral da Copa. "Que ele e o palavreado chulo dele fiquem no seu país. E acho que o país dele não merece isso", afirmou.

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, afirmou hoje que pedirá à Fifa um novo interlocutor para tratar da Copa do Mundo de 2014 com o governo brasileiro.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247