Valadares: "compromisso do PSB é apoiar Jackson e indicar o vice"

Se depender do senador do PSB, aliança com Jackson e Déda será mantida; ele diz que candidatura do governador de Pernambuco à Presidência não é promissora atualmente: "quem é governo agora está em queda, o aconselhável agora é discutir governabilidade e reforma política. Falar de campanha agora é ampliar as discordâncias da população sobre a classe política, por isso é um tema enfraquecido"

Valadares: "compromisso do PSB é apoiar Jackson e indicar o vice"
Valadares: "compromisso do PSB é apoiar Jackson e indicar o vice"

247 – O senador Antonio Carlos Valadares (PSB) disse nesta segunda-feira (8), na Alemanha, que as recentes manifestações ocorridas no país enfraqueceram a posição de candidato do governador de Pernambuco e presidente de seu partido, Eduardo Campos. |Para ele, a candidatura de Campos, no momento, não é promissora. "Quem é governo agora está em queda, o aconselhável agora é discutir governabilidade e reforma política. Falar de campanha agora é ampliar as discordâncias da população sobre a classe política, por isso é um tema enfraquecido", avaliou.

Valadares também disse que, se depender dele, o PSB não terá candidato ao Governo em Sergipe, o que contraria os planos do governador de Pernambuco. "Nosso compromisso é apoiar o atual vice-governador, Jackson Barreto (PMDB) e indicar o vice. O PT ficaria com a vaga natural de senador, que pode ter como principal candidato o governador Marcelo Déda, que chega agora ao fim de oito anos de mandato e está se recuperando bem de sua doença [câncer no pâncreas]", disse.

O senador esteve em Leipzig ao longo da última semana integrando a delegação brasileira do WorldSkills, competição internacional de alunos de escolas técnicas em que os alunos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e do Serviço Nacional do Comércio (Senac) ficaram em quinto lugar no quadro geral de medalhas.

Com informações do Valor

 

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247