Valadares Filho: o povo não sente a presença do prefeito

“O agravamento da crise do lixo em Aracaju é a prova clara e concreta da ineficiência administrativa do prefeito João Alves Filho. A cada dia essa situação se arrasta sem qualquer solução, causando transtornos para milhares de aracajuanos que estão sendo penalizados injustamente por essa total inoperância”, afirmou o deputado federal Valadares Filho, pré-candidato a prefeito da capital pelo PSB

“O agravamento da crise do lixo em Aracaju é a prova clara e concreta da ineficiência administrativa do prefeito João Alves Filho. A cada dia essa situação se arrasta sem qualquer solução, causando transtornos para milhares de aracajuanos que estão sendo penalizados injustamente por essa total inoperância”, afirmou o deputado federal Valadares Filho, pré-candidato a prefeito da capital pelo PSB
“O agravamento da crise do lixo em Aracaju é a prova clara e concreta da ineficiência administrativa do prefeito João Alves Filho. A cada dia essa situação se arrasta sem qualquer solução, causando transtornos para milhares de aracajuanos que estão sendo penalizados injustamente por essa total inoperância”, afirmou o deputado federal Valadares Filho, pré-candidato a prefeito da capital pelo PSB (Foto: Valter Lima)

247 - Incomodado com a grave crise causada pelo lixo em Aracaju, o deputado federal Valadares Filho (PSB), se manifestou, no início desta quarta-feira (16), nas redes sociais e teceu duras críticas à gestão. “O agravamento da crise do lixo em Aracaju é a prova clara e concreta da ineficiência administrativa do prefeito João Alves Filho. A cada dia essa situação se arrasta sem qualquer solução, causando transtornos para milhares de aracajuanos que estão sendo penalizados injustamente por essa total inoperância”.

Para ele, um prefeito tem que estar presente para enfrentar os problemas de uma cidade. “O prefeito João Alves nunca "dá as caras" para a sociedade quando tem um problema, a competência de justificar para a sociedade fica sempre a cargo dos secretários, ou seja, ele foge do problema, não aparece, sua administração é como se fosse um reinado, onde o povo não sente a presença do prefeito”, ironizou.

O deputado citou como exemplo gestões de outras capitais nordestinas que também convivem com a crise, mas que apresentam um moderno sistema de gestão. “Q comparamos gestões públicas de outras capitais do Nordeste, a exemplo de Salvador, Recife e Maceió, cidades também afetadas pela crise mas que possuem gestões criativas, enfrentando os efeitos negativos da economia com eficiência e criatividade. No entanto, Aracaju afunda cada vez mais, e o prefeito chega a 3 anos e 2 meses de governo sem conseguir manter uma qualidade mínima em serviços básicos, como a coleta de lixo, transporte, saúde, pavimentação e conservação de ruas”.

Valadares Filho concluiu lembrando que uma gestão eficiente precisa de novas ideias e que o PSB está preparado para apresentar uma nova forma de governo. “João Alves demonstra total incapacidade de gerenciar a prefeitura, totalmente distante das novas ideias, hoje fundamentais na gestão pública, que se moderniza a cada dia e exige gestores eficientes e atentos às suas necessidades. É lamentável que por culpa dessa ineficiência administrativa, o grande penalizado seja a população. Por tudo isso o PSB está construindo um grande projeto de renovação política e administrativa para a nossa capital”.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247