Valente: até quando o cinismo do golpista prevalecerá?

O deputado federal Ivan Valente (Psol-SP) questionou o encontro de Michel Temer com o diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia; "Na semana em que Temer tem que responder 50 perguntas da PF sobre o trambique do decreto dos portos que envolve também Rocha Loures (o da mala), Temer se encontra às escondidas c/o chefe da PF. Até quando o cinismo do golpista prevalecerá?", escreveu o parlamentar em sua conta no Twitter

O deputado federal Ivan Valente (Psol-SP) questionou o encontro de Michel Temer com o diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia; "Na semana em que Temer tem que responder 50 perguntas da PF sobre o trambique do decreto dos portos que envolve também Rocha Loures (o da mala), Temer se encontra às escondidas c/o chefe da PF. Até quando o cinismo do golpista prevalecerá?", escreveu o parlamentar em sua conta no Twitter
O deputado federal Ivan Valente (Psol-SP) questionou o encontro de Michel Temer com o diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia; "Na semana em que Temer tem que responder 50 perguntas da PF sobre o trambique do decreto dos portos que envolve também Rocha Loures (o da mala), Temer se encontra às escondidas c/o chefe da PF. Até quando o cinismo do golpista prevalecerá?", escreveu o parlamentar em sua conta no Twitter (Foto: Leonardo Lucena)

SP 247 - O deputado federal Ivan Valente (Psol-SP) questionou o encontro de Michel Temer com o diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia. "Na semana em que Temer tem que responder 50 perguntas da PF sobre o trambique do decreto dos portos que envolve também Rocha Loures (o da mala), Temer se encontra às escondidas c/o chefe da PF. Até quando o cinismo do golpista prevalecerá?", escreveu o parlamentar, nesta terça-feira (16), em sua conta no Twitter.

A Polícia Federal enviou, na sexta-feira (12), 50 perguntas a Temer sobre o esquema de propinas no Porto de Santos, que teria beneficiado o ex-assessor presidencial Rodrigo Rocha Loures, flagrado também com mala de propina da JBS.

A PF quer saber se Temer e Loures intercederam para que a concessão do grupo Rodrimar fosse prorrogada de forma irregular.

Temer, o primeiro ocupante da presidência da República denunciado por corrupção, Temer poderá ter que responder a uma terceira denúncia. Na primeira denúncia, com Rodrigo Janot à frente da Procuradoria-Geral da República, Temer foi acusado de corrupção passiva e, na segunda, de organização criminosa e obstrução judicial.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247