Vecci afirma que não será candidato a prefeito de Goiânia

Vice-presidente nacional do PSDB afirma que partido possui hoje três nomes fortes que estão na fila para concorrer ao Paço Municipal: do presidente da Agetop, Jayme Rincón e dos deputados federais Waldir Soares e Fábio Sousa; tucano defende que partido apresente projeto a longo prazo para a capital; Vecci confirma que PSDB deve pedir afastamento do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), assim que se comprovar dados do parlamentar sobre contas bancárias na Suíça

Vice-presidente nacional do PSDB afirma que partido possui hoje três nomes fortes que estão na fila para concorrer ao Paço Municipal: do presidente da Agetop, Jayme Rincón e dos deputados federais Waldir Soares e Fábio Sousa; tucano defende que partido apresente projeto a longo prazo para a capital; Vecci confirma que PSDB deve pedir afastamento do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), assim que se comprovar dados do parlamentar sobre contas bancárias na Suíça
Vice-presidente nacional do PSDB afirma que partido possui hoje três nomes fortes que estão na fila para concorrer ao Paço Municipal: do presidente da Agetop, Jayme Rincón e dos deputados federais Waldir Soares e Fábio Sousa; tucano defende que partido apresente projeto a longo prazo para a capital; Vecci confirma que PSDB deve pedir afastamento do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), assim que se comprovar dados do parlamentar sobre contas bancárias na Suíça (Foto: Realle Palazzo-Martini)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - Em entrevista à rádio CBN Goiânia na última quinta-feira (15), o deputado federal Giuseppe Vecci (PSDB) afirmou que não está focado na disputa pela Prefeitura de Goiânia em 2016. Na avaliação do vice-presidente nacional do PSDB, o partido em Goiás possui hoje três nomes fortes que estão na fila para concorrer ao Paço Municipal: do presidente da Agetop, Jayme Rincón e dos deputados federais Waldir Soares e Fábio Sousa. O tucano defendeu também que o PSDB apresente um projeto a longo prazo para a capital.

“O PSDB tem três bons nomes que já postulam a candidatura. Eu diria que são os primeiros da fila. De uma forma ou de outra vamos encontrar, por meio de prévias ou consenso, uma condição para que tenhamos um candidato competitivo em Goiânia. Temos que discutir esses nomes que postulam, mas não é a minha meta ser candidato”, frisou durante entrevista.

Vecci voltou a defender que, paralelamente à discussão de nomes, o partido comece também a debater propostas para Goiânia. Para o parlamentar, a capital carece de uma gestão moderna e arrojada. “Temos de ter um bom planejamento para mudar a face da nossa capital. Que pense não só no hoje, mas que olhe para frente, uma Goiânia planejada para 2100 e voltada para a melhoria da qualidade de vida. E essa proposta de planejamento pode unir em torno de um candidato”, disse.

Situação de Cunha
O deputado também comentou sobre a posição do PSDB frente à situação do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), sobre contas que ele supostamente mantinha na Suíça. Vecci analisa que a sigla não deve ser furtar a pedir o afastamento de Cunha a partir do momento que se tenha comprovação com dados sobre as contas bancárias na Suíça. “Não tem cabimento nós de um lado lutar contra o PT, contra todas essas mentiras, essa gestão desastrosa e equivocada, e, ao mesmo tempo, termos posição diferente internamente na Câmara”.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email