Vendas da indústria de transformação caem 17,4%

Pernambuco apresentou baixa nas vendas nos setores relacionados indstria de transformao, principalmente nos produtos txteis e de confeces, devido, sobretudo, irrebatvel concorrncia chinesa

 Vendas da indústria de transformação caem 17,4%
Vendas da indústria de transformação caem 17,4% (Foto: Wilson Dias/ABr)

Beatriz Braga _PE247 - São alarmantes os números relacionados à indústria de transformação de Pernambuco, que acumulou uma queda de vendas reais de 17,4% no ano passado, quando comparados os índices de 2010. Segundo relatório divulgado pela Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe), na última quinta (23), o último mês de dezembro terminou com um recuo de 7,6% em relação ao mês anterior. Essa baixa tem como principal causa a concorrência dos produtos importados do paraíso dos preços baixos, a China.

O setor de produtos têxteis e de confecções foram os que apresentaram as quedas mais drásticas no mês de dezembro: 84,2% e 41,7%, respectivamente. No embate com 2010, a venda do setor têxtil caiu 28,9%, enquanto que o de confecções e artigos de vestiários contabilizou baixas de 26,8%.

Já na área de compra de insumos e matérias-primas da indústria de transformação houve um crescimento de 4,8% no mês de dezembro, porém o indicador acumulado apresenta um recuo 3,6% em 2011.

O ano passado fechou com uma queda tímida de 1,2% no emprego nas indústrias e o salário cresceu 19, 3% no curto espaço de tempo do mês de novembro de 2011 para o mês seguinte.

Segundo os dados da Fiepe, Pernambuco abriga por volta de 11 mil indústrias, sendo 8.192 pertencentes ao ramo da indústria de transformação. O segundo setor com mais representantes é o da construção civil (2.713), que, por sinal, teve resultados satisfatórios em 2011 e alavancou bons índices de crescimento no Estado. A área de extração mineral possui 132 indústrias e a de utilidade pública, 160.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247