Vereador do PSDB ameaça Lula em caso de vitória em 2018: “Aí só matando”

Em discurso na tribuna da Câmara Municipal da cidade de Sant´ana do Livramento, no Rio Grande do Sul, o vereador tucano Maurício Del Fabro ameaçou matar o ex-presidente Lula caso ele seja reeleito presidente da República em 2018; em seu discurso, Del Fabro reconheceu que apenas uma manobra da Justiça pode impedir Lula de voltar a ser presidente; "Se não for preso, e tiver legitimidade, infelizmente, ele será presidente novamente. Aí, só matando, aí só matando", disse; assista

Em discurso na tribuna da Câmara Municipal da cidade de Sant´ana do Livramento, no Rio Grande do Sul, o vereador tucano Maurício Del Fabro ameaçou matar o ex-presidente Lula caso ele seja reeleito presidente da República em 2018; em seu discurso, Del Fabro reconheceu que apenas uma manobra da Justiça pode impedir Lula de voltar a ser presidente; "Se não for preso, e tiver legitimidade, infelizmente, ele será presidente novamente. Aí, só matando, aí só matando", disse; assista
Em discurso na tribuna da Câmara Municipal da cidade de Sant´ana do Livramento, no Rio Grande do Sul, o vereador tucano Maurício Del Fabro ameaçou matar o ex-presidente Lula caso ele seja reeleito presidente da República em 2018; em seu discurso, Del Fabro reconheceu que apenas uma manobra da Justiça pode impedir Lula de voltar a ser presidente; "Se não for preso, e tiver legitimidade, infelizmente, ele será presidente novamente. Aí, só matando, aí só matando", disse; assista (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio Grande do Sul 247 - O vereador do PSDB Maurício Del Fabro, da cidade de Sant´ana do Livramento, no Rio Grande do Sul, ameaçou matar o ex-presidente Lula caso ele seja reeleito presidente da República na eleição de 2018. A promessa foi feita em discurso na tribuna da Câmara Municipal (confira no vídeo acima).

Ao falar sobre o depoimento de Lula à Justiça Federal em Curitiba, que ocorrerá na quarta-feira 10, o vereador tucano reconheceu apenas uma manobra da Justiça pode impedi-lo de voltar a ser presidente do Brasil. "Se não for preso, e tiver legitimidade, infelizmente, ele será presidente novamente. Aí, só matando, aí só matando", disse o vereador.

O vídeo do discurso foi publicado nas redes sociais do deputado Paulo Pimenta (PT-RS). O petista lembrou, em post no Facebook, que "essa não é a primeira vez que um filiado do PSDB promete assassinar membros do Partido dos Trabalhadores".

"Em setembro de 2015, o advogado Matheus Sathler, que concorreu à Câmara dos Deputados pelo PSDB do Distrito Federal, prometeu em uma rede social 'arrancar a cabeça de Dilma Rousseff'", lembrou o deputado. Sathler foi denunciado por Pimenta e depois indiciado pela Polícia Federal.⁠⁠⁠⁠

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email