Vereador manda recado a João: só faz aliança mantendo a vaga de vice

O vereador de Aracaju, Adriano Oliveira (PSDB), o “Adriano Taxista”, anunciou que seu partido tem toda intenção de apoiar a reeleição do prefeito João Alves Filho (DEM) na capital, mas enfatizou que os tucanos não vão abrir mão de compor na chapa majoritária; Adriano é defensor da continuidade da chapa com José Carlos Machado (PSDB), mas se o DEM não aceitar, terá que abrir espaço para o PSDB escolher outro nome; "Se o PSDB não serve para compor na majoritária, ele também não serve para compor na chapa proporcional, para eleger vereadores", disse

O vereador de Aracaju, Adriano Oliveira (PSDB), o “Adriano Taxista”, anunciou que seu partido tem toda intenção de apoiar a reeleição do prefeito João Alves Filho (DEM) na capital, mas enfatizou que os tucanos não vão abrir mão de compor na chapa majoritária; Adriano é defensor da continuidade da chapa com José Carlos Machado (PSDB), mas se o DEM não aceitar, terá que abrir espaço para o PSDB escolher outro nome; "Se o PSDB não serve para compor na majoritária, ele também não serve para compor na chapa proporcional, para eleger vereadores", disse
O vereador de Aracaju, Adriano Oliveira (PSDB), o “Adriano Taxista”, anunciou que seu partido tem toda intenção de apoiar a reeleição do prefeito João Alves Filho (DEM) na capital, mas enfatizou que os tucanos não vão abrir mão de compor na chapa majoritária; Adriano é defensor da continuidade da chapa com José Carlos Machado (PSDB), mas se o DEM não aceitar, terá que abrir espaço para o PSDB escolher outro nome; "Se o PSDB não serve para compor na majoritária, ele também não serve para compor na chapa proporcional, para eleger vereadores", disse (Foto: Valter Lima)

247 - O vereador de Aracaju, Adriano Oliveira (PSDB), o “Adriano Taxista”, anunciou que seu partido tem toda intenção de apoiar a reeleição do prefeito João Alves Filho (DEM) na capital, mas enfatizou que os tucanos não vão abrir mão de compor na chapa majoritária. Adriano é defensor da continuidade da chapa com José Carlos Machado (PSDB), mas se o DEM não aceitar, terá que abrir espaço para o PSDB escolher outro nome. Agora, se os democratas não aceitarem, o PSDB não descarta lançar uma pré-candidatura própria em Aracaju ou até, se for o caso, apoiar outro projeto político.

Para Adriano Taxista o momento é de somar e jamais de dividir, por isso ele entende que “vejo comentários sobre a saída de Machado da chapa. Eu particularmente sou contrário e não concordo. Não tem um vice mais comprometido com a administração, mais dedicado ao projeto do prefeito do que Machado. É um político de visibilidade nacional, é respeitado, além de ser amigo do prefeito há décadas. Não é justo que agora queiram tirar Machado da majoritária”.

Ainda nesta linha de raciocínio, Adriano Taxista se posicionou diante do cenário que está sendo formado dizendo que “se o PSDB não serve para compor na majoritária, ele também não serve para compor na chapa proporcional, para eleger vereadores. Nós temos pré-candidaturas importantes para vereador de Aracaju e não aceitamos que o partido seja desprestigiado desta maneira. Se não quiserem Machado, vamos sentar e discutir um outro nome do PSDB para compor”.

Por fim, Adriano reforçou que torce pelo entendimento, mas não descarta um projeto próprio do PSDB na capital. “Nossa intenção é a reeleição do prefeito João Alves. Mas se o PSDB se sentir deslocado neste cenário, nós vamos trabalhar para lançar um candidato a prefeito pelo nosso partido. Temos bons quadros e gente com disposição para aceitar o desafio”, disse, não descartando compor com outra pré-candidatura. “Tudo é possível. O PSDB estará com quem tem interesse de contar com o nosso apoio e poderá indicar o vice de qualquer candidatura”.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247