Vereadores aprovam Orçamento 2016 do Município

A Câmara Municipal de Salvador aprovou na sessão ordinária desta segunda-feira, a última do atual período legislativo, a Lei Orçamentária Anual, estimando receita do Município em R$ 6.625 bilhões; apenas os vereadores da bancada de oposição votaram contra; os parlamentares aprovaram ainda mais dois projetos do Executivo, o PL nº 326/15, que cria o Serviço Municipal de Acolhimento Familiar de Crianças e Adolescentes sob Medida de Proteção; e o PL nº 429/15, que institui o Fundo Municipal da Pessoa Idosa; o acordo entre os líderes de bancada ainda incluiu a aprovação de mais 35 projetos de iniciativa do Legislativo

A Câmara Municipal de Salvador aprovou na sessão ordinária desta segunda-feira, a última do atual período legislativo, a Lei Orçamentária Anual, estimando receita do Município em R$ 6.625 bilhões; apenas os vereadores da bancada de oposição votaram contra; os parlamentares aprovaram ainda mais dois projetos do Executivo, o PL nº 326/15, que cria o Serviço Municipal de Acolhimento Familiar de Crianças e Adolescentes sob Medida de Proteção; e o PL nº 429/15, que institui o Fundo Municipal da Pessoa Idosa; o acordo entre os líderes de bancada ainda incluiu a aprovação de mais 35 projetos de iniciativa do Legislativo
A Câmara Municipal de Salvador aprovou na sessão ordinária desta segunda-feira, a última do atual período legislativo, a Lei Orçamentária Anual, estimando receita do Município em R$ 6.625 bilhões; apenas os vereadores da bancada de oposição votaram contra; os parlamentares aprovaram ainda mais dois projetos do Executivo, o PL nº 326/15, que cria o Serviço Municipal de Acolhimento Familiar de Crianças e Adolescentes sob Medida de Proteção; e o PL nº 429/15, que institui o Fundo Municipal da Pessoa Idosa; o acordo entre os líderes de bancada ainda incluiu a aprovação de mais 35 projetos de iniciativa do Legislativo (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - A Câmara Municipal de Salvador aprovou na sessão ordinária desta segunda-feira (14), a última do atual período legislativo, a Lei Orçamentária Anual (LOA-2016), estimando receita do Município em R$ 6.625 bilhões. Apenas os vereadores da bancada de oposição votaram contra.

Os parlamentares aprovaram ainda mais dois projetos do Executivo, o PL nº 326/15, que cria o Serviço Municipal de Acolhimento Familiar de Crianças e Adolescentes sob Medida de Proteção, o chamado Família Acolhedora; e o PL nº 429/15, que institui o Fundo Municipal da Pessoa Idosa.

O acordo entre os líderes de bancada ainda incluiu a aprovação de mais 35 projetos de iniciativa do Legislativo. Foi a última sessão ordinária do ano, mas a Câmara continuará funcionando com sessões especiais e solenes, audiências públicas e reuniões de comissões temáticas.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email