Vice de Iris, Major é vaiado ao defender “bolsa-bala”

Candidato a vice-prefeito na chapa de Iris Rezende (PMDB), o deputado estadual Major Araújo (PRP), representou o peemedebista em debate na UFG e se envolveu numa polêmica ao defender seu projeto conhecido como “bolsa-bala”, que daria dinheiro para quem quiser comprar uma arma de fogo; Major acabou sendo vaiado pelo público e se irritou, hostilizando professores e estudantes; ele preciso ser contido pelo candidato Vanderlan Cardoso (PSB)

Candidato a vice-prefeito na chapa de Iris Rezende (PMDB), o deputado estadual Major Araújo (PRP), representou o peemedebista em debate na UFG e se envolveu numa polêmica ao defender seu projeto conhecido como “bolsa-bala”, que daria dinheiro para quem quiser comprar uma arma de fogo; Major acabou sendo vaiado pelo público e se irritou, hostilizando professores e estudantes; ele preciso ser contido pelo candidato Vanderlan Cardoso (PSB)
Candidato a vice-prefeito na chapa de Iris Rezende (PMDB), o deputado estadual Major Araújo (PRP), representou o peemedebista em debate na UFG e se envolveu numa polêmica ao defender seu projeto conhecido como “bolsa-bala”, que daria dinheiro para quem quiser comprar uma arma de fogo; Major acabou sendo vaiado pelo público e se irritou, hostilizando professores e estudantes; ele preciso ser contido pelo candidato Vanderlan Cardoso (PSB) (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - Candidato a vice-prefeito na chapa de Iris Rezene (PMDB), o deputado estadual Major Araújo (PRP), ao mostrar mais uma vez a falta de preparo para o debate público, tentou defender seu polêmico projeto conhecido como “bolsa-bala”, que daria dinheiro para quem quiser comprar uma arma de fogo, e foi fortemente vaiado por estudantes que participavam de debate promovido pelo DCE da UFG, em substituição ao peemedebista.

“Nosso projeto apresentado na Assembleia visou nada mais nada menos que fazer uma provocação ao governo do Estado. Esperava que um professor universitário pudesse compreender as provocações que nós fazemos, que entendesse isso”, disse o candidato ao representante do PSOL na disputa pela prefeitura, Flávio Sofiati, que compareceu ao debate ao lado de Adriana Accorsi (PT), e Vanderlan Cardoso (PSB).

Ele ainda tentou justificar que a intenção não era aprovar o projeto na íntegra, mas apenas “fazer com que o tema da segurança fosse debatido”, mas a plateia não aliviou e caiu na risada. E os deslizes de Major Araújo, que já atirou um tablet em outro deputado dentro do plenário da Assembleia Legislativa, não pararam por aí.

Caiu, logo para ele, a pergunta de um estudante sobre a importância do candidato a vice em uma eleição. "A importância do vice é suceder o prefeito. Perdão, substituir o prefeito na sua ausência", disse Araújo arrancando mais risadas da plateia. “No caso do Temer e da Dilma”, tentou explicar, mas foi interrompido por gritos dos estudantes, teve de mudar de assunto e foi segurado pelo candidato Vanderlan Cardoso, para que ele se acalmasse.

Para terminar a noite nada agradável do vice de Iris Rezende frente aos alunos e professores da UFG, ele ainda disse que o peemedebista dá muito espaço para os vices em seus mandatos, vide a participação do atual prefeito, Paulo Garcia (PT). "Eu sei que o Iris dá sempre muito espaço para o vice. O Paulo Garcia participou bastante da administração de Iris".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247