Vicentinho anuncia que vai à reeleição ao Senado

Senador Vicentinho Alves (PR) anunciou nesta terça-feira, 6, a membros da bancada federal que retirou sua pré-candidatura a governador e irá concorrer à reeleição para uma das duas vagas ao Senado no próximo ano; fato reforça a parceria com o governador Marcelo Miranda e inviabiliza os planos do prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas (PR), de disputar uma vaga ao Senado

Senador Vicentinho Alves (PR) anunciou nesta terça-feira, 6, a membros da bancada federal que retirou sua pré-candidatura a governador e irá concorrer à reeleição para uma das duas vagas ao Senado no próximo ano; fato reforça a parceria com o governador Marcelo Miranda e inviabiliza os planos do prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas (PR), de disputar uma vaga ao Senado
Senador Vicentinho Alves (PR) anunciou nesta terça-feira, 6, a membros da bancada federal que retirou sua pré-candidatura a governador e irá concorrer à reeleição para uma das duas vagas ao Senado no próximo ano; fato reforça a parceria com o governador Marcelo Miranda e inviabiliza os planos do prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas (PR), de disputar uma vaga ao Senado (Foto: Aquiles Lins)

Tocantins 247 - O senador Vicentinho Alves (PR) anunciou nesta terça-feira, 6, a membros da bancada federal que retirou sua pré-candidatura a governador e irá concorrer à reeleição para uma das duas vagas ao Senado no próximo ano.

Vicentinho, que é coordenador da bancada federal do Tocantins no Congresso, tem dito aos parlamentares federais que não conseguiu montar a estrutura necessária para disputar o Palácio Araguaia.

O fato mexe com a conjuntura política do estado. Por um lado, reforça a parceria de Vicentinho com o governador Marcelo Miranda, que protagoniza uma reação do governo junto aos prefeitos e deve sair candidato à reeleição.

Por outro lado, uma candidatura de Vicentinho Alves ao Senado inviabiliza os planos do prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas (PR), que nutria projeto de disputar uma vaga de senador. Por dois motivos: primeiro, porque Dimas é do mesmo partido de Vicentinho e teria de mudar de legenda, visto que uma chapa "puro sangue" ao Senado tem poucas chances de sobreviver. E segundo porque ele terá que renunciar à Prefeitura da segunda maior cidade do estado.

Embora se articule com os prefeitos de Gurupi, Laurez Moreira (PSB), e de Paraíso, Moises Avelino (PMDB), à saída para Dimas deverá ser permanecer à frente da Prefeitura de Araguaína, ainda mais porque mantém o projeto de lançar o filho, Tiago Dimas, candidato a deputado federal.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247