Vídeo revela agressão de menor por seguranças do Habib's

Imagens de câmera de segurança divulgadas pelo site Ponte Jornalismo, que atua no campo dos direitos humanos, mostram dois seguranças da rede arrastando pelos braços o adolescente João Victor, de 13 anos, já desfalecido, até o outro lado da rua, onde ficou deitado na calçada; familiares souberam que ele foi agredido e levado ao hospital, onde não resistiu e morreu; jornalista Hildegard Angelo pregou boicote ao Habib´s; assista

Imagens de câmera de segurança divulgadas pelo site Ponte Jornalismo, que atua no campo dos direitos humanos, mostram dois seguranças da rede arrastando pelos braços o adolescente João Victor, de 13 anos, já desfalecido, até o outro lado da rua, onde ficou deitado na calçada; familiares souberam que ele foi agredido e levado ao hospital, onde não resistiu e morreu; jornalista Hildegard Angelo pregou boicote ao Habib´s; assista
Imagens de câmera de segurança divulgadas pelo site Ponte Jornalismo, que atua no campo dos direitos humanos, mostram dois seguranças da rede arrastando pelos braços o adolescente João Victor, de 13 anos, já desfalecido, até o outro lado da rua, onde ficou deitado na calçada; familiares souberam que ele foi agredido e levado ao hospital, onde não resistiu e morreu; jornalista Hildegard Angelo pregou boicote ao Habib´s; assista (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um vídeo com imagens de câmera de segurança divulgado pelo site de direitos humanos Ponte Jornalismo esclarece o assassinato do adolescente João Victor, de 13 anos, em frente a uma loja do Habib´s no último domingo 26 na Vila Nova Cachoeirinha, zona sul de São Paulo.

As imagens mostram dois seguranças da rede de lanchonetes arrastando pelos braços o garoto, aparentemente desmaiado, para o outro lado da rua, onde ele ficou deitado.

Familiares foram informados que João Victor foi agredido pelos seguranças da loja e levado ao hospital, mas não resistiu e morreu em decorrência de uma parada cardiorrespiratória. Familiares fizeram protesto em frente ao Habibi´s no dia seguinte.

Nessa semana, a jornalista Hildegard Angel pregou boicote ao Habib´s após a tragédia. "Que horror a atitude do Habbib's. Espancarem uma criança frágil provocando sua morte.Corações de ferro.Não passo mais nem na porta. Boicote!", postou no Twitter (leia aqui).

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247