Vietnã prende mais um usuário do Facebook por críticas ao governo

A decisão desta quinta-feira veio dias depois de o país prender outro usuário do Facebook por dois anos e três meses sob as mesmas acusações.

Vietnã prende mais um usuário do Facebook por críticas ao governo
Vietnã prende mais um usuário do Facebook por críticas ao governo

(Reuters) - Um tribunal do Vietnã prendeu mais um usuário do Facebook por dois anos e meio devido a comentários contra o governo publicados na rede social, informou a polícia nesta quinta-feira, enquanto o país do sul asiático segue adiante com a repressão aos críticos.

Apesar de uma reforma econômica abrangente e uma abertura crescente para mudanças sociais, o Partido Comunista do Vietnã continua impondo uma censura à mídia e não tolera críticas.

A decisão desta quinta-feira veio dias depois de o país prender outro usuário do Facebook por dois anos e três meses sob as mesmas acusações.

Bui Manh Dong, de 40 anos, foi condenado por “abusar das liberdades democráticas de forma a violar os interesses do Estado” em um julgamento em Can Tho, província do Delta do Mekong, disse o Ministério da Segurança Pública em seu site de notícias oficial.

Ele foi acusado de postar comentários em suas duas contas de Facebook que “distorceram as diretrizes e políticas do partido e do Estado, e difamaram líderes do partido e do Estado”, informou o ministério em seu comunicado, citando o indiciamento da corte.

As atividades de Dong “prejudicam o prestígio e o papel de liderança do partido e do Estado”, disse a polícia.

A Reuters não conseguiu informações de contato do advogado de Dong para obter comentários, e ligações para o tribunal não tiveram resposta.

O Facebook não respondeu de imediato a um pedido de comentário da Reuters.

Reportagem de James Pearson

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247