Vinicius Porto: "se João for candidato, ninguém poderá criticá-lo"

Presidente da Câmara de Vereadores de Aracaju, Vinicius Porto (DEM) diz que se o prefeito João Alves Filho (DEM) for candidato a governador "não vai ter ninguém, nenhum partido, que poderá reclamar dele haja vista que todos querem o apoio dele hoje"; ao Sergipe 247, Vinicius ressaltou que, no entanto, ainda não é momento de se discutir o pleito eleitoral deste ano; "Não pode parar de trabalhar para ficar pensando em política. Essa decisão será tomada avaliando pesquisas. Hoje, João tem 40 pontos. Os nossos adversários, que hoje não são adversários, mas que pleiteiam o mesmo cargo, têm 20 pontos cada um, então isso será avaliado pelo partido e em abril será tomada uma decisão", avisou

Presidente da Câmara de Vereadores de Aracaju, Vinicius Porto (DEM) diz que se o prefeito João Alves Filho (DEM) for candidato a governador "não vai ter ninguém, nenhum partido, que poderá reclamar dele haja vista que todos querem o apoio dele hoje"; ao Sergipe 247, Vinicius ressaltou que, no entanto, ainda não é momento de se discutir o pleito eleitoral deste ano; "Não pode parar de trabalhar para ficar pensando em política. Essa decisão será tomada avaliando pesquisas. Hoje, João tem 40 pontos. Os nossos adversários, que hoje não são adversários, mas que pleiteiam o mesmo cargo, têm 20 pontos cada um, então isso será avaliado pelo partido e em abril será tomada uma decisão", avisou
Presidente da Câmara de Vereadores de Aracaju, Vinicius Porto (DEM) diz que se o prefeito João Alves Filho (DEM) for candidato a governador "não vai ter ninguém, nenhum partido, que poderá reclamar dele haja vista que todos querem o apoio dele hoje"; ao Sergipe 247, Vinicius ressaltou que, no entanto, ainda não é momento de se discutir o pleito eleitoral deste ano; "Não pode parar de trabalhar para ficar pensando em política. Essa decisão será tomada avaliando pesquisas. Hoje, João tem 40 pontos. Os nossos adversários, que hoje não são adversários, mas que pleiteiam o mesmo cargo, têm 20 pontos cada um, então isso será avaliado pelo partido e em abril será tomada uma decisão", avisou (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sergipe 247 - O presidente da Câmara de Vereadores de Aracaju, vereador Vinicius Porto (DEM), avalia que se o prefeito João Alves Filho (DEM) deixar o cargo para disputar o governo, seus adversários na disputa não terão legitimidade para criticá-lo durante a campanha, uma vez que todos os nomes colocados na sucessão querem hoje o apoio do líder do DEM.

"Se o prefeito for candidato a governador não vai ter ninguém, nenhum partido, que poderá reclamar dele haja vista que todos querem o apoio dele hoje. Se ele for candidato, qual o partido que vai criticá-lo se todos querem estar ao lado dele neste momento? O DEM e o prefeito João Alves Filho vive um momento muito feliz", afirmou.

Ao Sergipe 247, Vinicius ressaltou que, no entanto, ainda não é momento de se discutir o pleito eleitoral deste ano. "Não pode parar de trabalhar para ficar pensando em política. Essa decisão será tomada avaliando pesquisas. Hoje, João tem 40 pontos. Os nossos adversários, que hoje não são adversários, mas que pleiteiam o mesmo cargo, têm 20 pontos cada um, então isso será avaliado pelo partido e em abril será tomada uma decisão", ressaltou.

Para o presidente da Câmara, o projeto administrativo que está sendo tocado por João em Aracaju "irá revolucionar a cidade" e frisa que mesmo que o prefeito renuncie ao cargo, o seu vice, o tucano José Carlos Machado, "manterá o mesmo direcionamento, o mesmo perfil" ao governo. "Indo disputar o cargo de governador, João vai deixar um homem da sua extrema confiança para continuar sua obra. De uma forma ou de outra, Aracaju estará em boas mãos", afirmou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email