Vlogueira brasileira fala sobre gravidez na adolescência e maternidade no YouTube

Conheça a história de Paola Rodrigues e do Não Pule da Janela.

Vlogueira brasileira fala sobre gravidez na adolescência e maternidade no YouTube
Vlogueira brasileira fala sobre gravidez na adolescência e maternidade no YouTube
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Pedro Zambarda, editor do DigiClub.

A vlogueira (e blogueira) Paola Rodrigues iniciou agora em 2018 um canal no YouTube e uma série de vídeos no Facebook sobre maternidade, abordando gravidez na adolescência, um tema pouco discutido no meio brasileiro. Ela fala sobre o processo que passou e é hoje mãe da Helena, depois de vencer barreiras de preconceito e machismo.

Paola é dona dos sites Não Pule da Janela (que viralizou no portal Catraca Livre) e do Cartas Para Helena (dedicado para a filha), além de ter sido palestrante da Campus Party. Em futuros vídeos ela deve abordar outros temas e contar como ela se lançou como produtora de conteúdo na internet

Assista o vídeo dela de estreia para entender a proposta e saiba mais sobre maternidade com uma pegada feminista.

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]l247.com.br

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247