Voluntárias Sociais entregam R$ 764 mil ao Hospital Aristides Maltez

A primeira-dama do Estado e presidente das Voluntárias Sociais da Bahia, Aline Peixoto, entregou nesta terça-feira o valor arrecadado no Forró Solidário ao Hospital Aristides Maltez; a doação de R$ 764,2 mil será utilizada na construção de uma UTI, com 10 leitos, e na ampliação do Centro Cirúrgico do hospital; "O que eu queria deixar no marco da gestão das Voluntárias era mobilizar as pessoas a ajudar o próximo e, graças a Deus, eu estou deixando este legado. A gente fez isso no show de Ivete (Sangalo) com o Martagão que deu super certo, estamos fazendo agora com Bell", disse a primeira-dama

A primeira-dama do Estado e presidente das Voluntárias Sociais da Bahia, Aline Peixoto, entregou nesta terça-feira o valor arrecadado no Forró Solidário ao Hospital Aristides Maltez; a doação de R$ 764,2 mil será utilizada na construção de uma UTI, com 10 leitos, e na ampliação do Centro Cirúrgico do hospital; "O que eu queria deixar no marco da gestão das Voluntárias era mobilizar as pessoas a ajudar o próximo e, graças a Deus, eu estou deixando este legado. A gente fez isso no show de Ivete (Sangalo) com o Martagão que deu super certo, estamos fazendo agora com Bell", disse a primeira-dama
A primeira-dama do Estado e presidente das Voluntárias Sociais da Bahia, Aline Peixoto, entregou nesta terça-feira o valor arrecadado no Forró Solidário ao Hospital Aristides Maltez; a doação de R$ 764,2 mil será utilizada na construção de uma UTI, com 10 leitos, e na ampliação do Centro Cirúrgico do hospital; "O que eu queria deixar no marco da gestão das Voluntárias era mobilizar as pessoas a ajudar o próximo e, graças a Deus, eu estou deixando este legado. A gente fez isso no show de Ivete (Sangalo) com o Martagão que deu super certo, estamos fazendo agora com Bell", disse a primeira-dama (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - A primeira-dama do Estado e presidente das Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), Aline Peixoto, entregou nesta terça-feira (25) o valor arrecadado no Forró Solidário ao Hospital Aristides Maltez (HAM), em Salvador. A doação de R$ 764,2 mil será utilizada na construção de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com 10 leitos, e na ampliação do Centro Cirúrgico do HAM.

"O que eu queria deixar no marco da gestão das Voluntárias era mobilizar as pessoas a ajudar o próximo e, graças a Deus, eu estou deixando este legado. A gente fez isso no show de Ivete (Sangalo) com o Martagão (Gesteira) que deu super certo, estamos fazendo agora com Bell. E nada melhor do que trazer gente que forma opinião, como os artistas. Todos os dois eventos que a gente fez foram bons e agora a gente vai fazer o terceiro", disse a primeira-dama. Ela disse adiantou que ainda está em fase de fechamento com o artista. "É um artista baiano, bem famoso e é um projeto bem legal".

As melhorias no Aristides Maltez têm o objetivo de aumentar a qualidade do atendimento aos pacientes com câncer de todo o estado.

"Esta torre vai permitir uma UTI com dez leitos, uma sala de cirurgia com perspectiva de modernidade, porque estamos preparando ela para receber cirurgia robótica, que na Bahia não tem, isso é acontecimento do sul e sudeste, além de nos permitir mais 16 leitos que serão destinados para pacientes em cuidados paliativos, com a doença muito avançada e que hoje ocupam leitos de pessoas que podem se tratar, se curar porque o câncer está numa fase inicial", afirmou o presidente da Liga Baiana Contra o Câncer, Aristides Maltez Filho.

As obras já têm previsão de início e entrega. O lançamento da pedra fundamental será no mês de novembro deste ano e a conclusão está programada para agosto ou setembro de 2018. A meta é atingir 250 leitos. Atualmente, o HAM possui 232.

"O câncer é a doença da atualidade ou, pelo menos, ela se manifestou com mais ênfase na atualidade porque o brasileiro, o homem de um modo geral está vivendo mais. A média de vida hoje do brasileiro é 73, 75 anos. Até bem pouco tempo, seis, sete décadas atrás, era de 40, 45 anos. Há uma tendência de que incidam mais casos nas pessoas e, como consequência, há que se aumentar a capacidade para abrigar a clientela. Nós pretendemos crescer, mas antes de tudo preferimos aumentar a qualidade da assistência que prestamos", completou Aristides Filho.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247