Wagner: ACM Neto "ponga nas obras do governo"

Em comício (com presença do ex-presidente Lula) do candidato do PT ao governo do Estado, Rui Costa, o governador Jaques Wagner disse que o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), "gosta de pongar" nas obras de sua gestão; "O prefeito agora bota a placa, só não diz o que está fazendo. Para pongar nas obras que nós estamos fazendo. Você vê muita placa, só não diz quanto custa a obra, nem que obra ele está fazendo"

Em comício (com presença do ex-presidente Lula) do candidato do PT ao governo do Estado, Rui Costa, o governador Jaques Wagner disse que o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), "gosta de pongar" nas obras de sua gestão; "O prefeito agora bota a placa, só não diz o que está fazendo. Para pongar nas obras que nós estamos fazendo. Você vê muita placa, só não diz quanto custa a obra, nem que obra ele está fazendo"
Em comício (com presença do ex-presidente Lula) do candidato do PT ao governo do Estado, Rui Costa, o governador Jaques Wagner disse que o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), "gosta de pongar" nas obras de sua gestão; "O prefeito agora bota a placa, só não diz o que está fazendo. Para pongar nas obras que nós estamos fazendo. Você vê muita placa, só não diz quanto custa a obra, nem que obra ele está fazendo" (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Continua a pegar fogo o cenário eleitoral baiano e os dois maiores líderes das chapas de governo e oposição se mantêm na linha de frente. Na noite de ontem (3), em comício (com presença do ex-presidente Lula) do candidato do PT ao governo do Estado, Rui Costa, o governador Jaques Wagner disse que o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), "gosta de pongar" nas obras de sua gestão.

"O prefeito agora bota a placa, só não diz o que está fazendo. Para pongar nas obras que nós estamos fazendo. Você vê muita placa, só não diz quanto custa a obra, nem que obra ele está fazendo".

Wagner voltou a criticar o candidato do DEM, Paulo Souto, que já foi governador. "A gente nessa eleição vai escolher entre dois caminhos: ou continuar no caminho que vem resgatando a dignidade e a cidadania na Bahia e no Brasil ou andar pra trás".

Apesar de Rui ter 15% das intenções de voto dos baianos, conforme as pesquisas, contra 44% de Paulo Souto, o governador continua a acreditar na vitória de seu correligionário. Jaques Wagner mantém discurso de comparação da eleição de 2006, quando ele tinha 9% e derrotou exatamente Paulo Souto no primeiro turno.

"Os conservadores, que nunca olharam como a gente olha para o povo, foram abandonados pelo povo brasileiro. Estou sentindo que a caminhada de Rui e de Otto (Alencar- PSD, candidato a senador) está cheirando à minha caminhada de 2006. Não tenho dúvidas de que os baianos vão comparar os nossos oito anos com oito anos de quem quer voltar".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247