Wagner: agora sou soldado, vou para São Paulo ajudar Haddad a ganhar o 2º turno

Eleito senador com mais de 35% dos votos válidos, Jaques Wagner (PT-BA) planeja ajudar Fernando Haddad no 2º turno como soldado: "vou para São Paulo ajudar Haddad a ganhar porque acho que o Brasil não merece o retrocesso de alguém que prega o ódio"; ele disse ainda que está seguro da vitória porque Haddad é muito consistente e não vê "do outro lado ter uma consistência de programas e de projetos. Vive de clichês"

Wagner: agora sou soldado, vou para São Paulo ajudar Haddad a ganhar o 2º turno
Wagner: agora sou soldado, vou para São Paulo ajudar Haddad a ganhar o 2º turno
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 – Eleito senador com mais de 35% dos votos válidos, Jaques Wagner (PT-BA) planeja ajudar Fernando Haddad, o candidato da Frente Democrática na disputa presidencial de 2018: “agora vamos trabalhar pelo segundo turno. Aqui agora sou soldado, vou para São Paulo ajudar Haddad a ganhar o segundo turno da eleição porque acho que o Brasil não merece o retrocesso de alguém que prega o ódio".

Apesar do placar apertado no primeiro turno contra Bolsonaro, Wagner assegura, de acordo com reportagem de Henrique Brinco, no Tribuna da Bahia, que Haddad sairá vitorioso no pleito do final de outubro. "Sinceramente estou muito seguro em relação a Haddad. É uma pessoa muito consistente. Não vejo o candidato do outro lado ter uma consistência de programas e de projetos. Vive de clichês. E portanto acho que a gente tem tudo para ganhar o segundo turno".

Ele disse ainda que Ciro Gomes é fundamental porque para “mim é o cara que é importante trazer para o segundo turno e para o governo do Haddad”.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247